Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação comparativa da microinfiltração de resina nanoparticulada bulk-fill, resina bulk com tecnologia GIOMER e ionômero de vidro restaurador em molares decíduos preparados com laser Er: YAG: estudo in vitro

Processo: 20/14138-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2021
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Maria Cristina Borsatto
Beneficiário:Camila Zanchi Caetano
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Odontopediatria   Materiais dentários   Microinfiltração marginal   Laser do estado sólido   Ionômeros de vidro   Técnicas in vitro   Microscópio óptico   Microscopia eletrônica de varredura

Resumo

O Laser de érbio (Er:YAG) é um tipo de laser de alta potência muito utilizado na Odontologia pois permite a remoção seletiva de lesões de cárie, levando a formação de preparos cavitários com características favoráveis. Dentre elas, algumas vantagens sobre o método convencional podem ser relatadas como: ausência de vibração e pressão, e consequentemente a não geração de calor; além do ruído muito sutil, bem diferente da alta rotação, o que é muito importante para o atendimento de pacientes que possuem medo e/ou ansiedade relacionados ao cuidado odontológico, com destaque à Odontopediatria. Além do preparo, o material restaurador tem um importante papel no sucesso da restauração. Nesse contexto, os avanços nos materiais restauradores são destacáveis, com a disponibilidade no comércio de inúmeros materiais que propõem vantagens e bons desempenhos frente aos desafios clínicos. Dentre esses materiais, pode-se citar a resina composta bulk bioativa, também conhecida pela denominação de "Giomer"; a resina nanoparticulada bulk-fill, representada pela Filtek One Bulk Fill; e o cimento de ionômero de vidro, representado pelo Equia Forte. Um total de 60 molares decíduos serão aleatoriamente divididos em 6 grupos (n=10). Desses, metade receberão preparos de cavidades classe V utilizando-se o laser Er:YAG, enquanto a outra metade será preparada utilizando-se as brocas carbide esféricas em alta-rotação (grupo controle). Em seguida, as cavidades serão restauradas de acordo com os materiais a serem testados: resina nanoparticulada bulk-fill, compósito bulk com tecnologia giomer e ionômero de vidro restaurador. Após a etapa de restauração, os corpos de prova serão termociclados e, então, os dentes serão imersos em solução corante, Rodamina B 0,2%, durante 24h à 37°C, que possibilitará o teste de penetração e mensuração da infiltração. Subsequentemente, cortes de 1mm de espessura serão realizados no sentido vestíbulo-lingual dos dentes para avaliação da microinfiltração, a partir do uso de microscópio óptico, enquanto as características morfológicas serão avaliadas por meio de microscopia eletrônica de varredura. Os dados obtidos serão analisados por programas estatísticos adequados, com significância de pd 0.05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)