Busca avançada
Ano de início
Entree

A sociolinguística das estratégias de relativização em contextos locativos na fala paulista

Processo: 20/00593-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Sociolinguística e Dialetologia
Pesquisador responsável:Rosane de Andrade Berlinck
Beneficiário:Milena Aparecida de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Sociolinguística   Português paulista   Fala   Sintaxe   Linguagem de programação

Resumo

Este projeto objetiva investigar como se articula o processo de relativização no português paulista em contextos locativos, partindo da hipótese de que essas construções encabeçadas por onde, que e em que estão em um processo de variação dada a multifuncionalidade do primeiro, o onde (BRAGA, MANFILI, 2004; LIMA, 2007; COELHO, 2001; SOUZA, 2003; SILVA, 2008; COROA, LIMA, 2014; MARINHO, 1999; ALMEIDA, BERLINCK, 2019). Para isso, será utilizada uma base teórica sobre as estratégias de relativização no Português Brasileiro (MOLLICA, 1977; TARALLO, 1983, 1985; CAMACHO, 2013, 2017; RIBEIRO, 2009; BARROS, 2000; BURGOS, 2003), juntamente da abordagem teórico-metodológica da Teoria de Variação e Mudança Linguística (WEINREICH, LABOV, HERZOG, 1968; LABOV, 1972, 1982, 1994, 2001, 2010). O corpus será construído com base nos bancos de dados IBORUNA, do projeto ALIP (Gonçalves, s.d) e Projeto SP2010: Amostra da fala paulistana (MENDES, 2013). A coleta e a subsequente quantificação dos dados serão produzidas com o auxílio da linguagem de programação R (CORE TEAM, 2018). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)