Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção de rotas tecnológicas em imunoterapia na área de terapia gênica

Processo: 20/09206-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Geciane Silveira Porto
Beneficiário:Kauan Ribeiro de Sena Gomes
Instituição Sede: Hemocentro de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08135-2 - CTC - Centro de Terapia Celular, AP.CEPID
Assunto(s):Biotecnologia   Imunoterapia adotiva   Células matadoras naturais   Terapia baseada em transplante de células e tecidos   Terapia genética   Tecnologia médica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:imunoterapia | Patentes | Receptor antigênico quimérico (CAR) | Rotas Tecnológicas | terapia celular | terapia genica | Terapias avançadas

Resumo

A transformação acelerada que o cenário de terapias avançadas vem sofrendo nos últimos anos revela o nível de crescimento tecnológico empregado no desenvolvimento de novas modalidades terapêuticas, principalmente aquelas orientadas a produção de novas terapias gênicas e de produtos celulares. O ritmo crescente de inovações nas áreas multidisciplinares envolvidas na criação de novas abordagens de tratamento, diagnóstico, modificação genética, bioprodução e avaliação de desfecho clínico tem elevado cada vez mais o grau de complexidade de toda a cadeia de desenvolvimento biotecnológico. A incorporação de novas tecnologias dentro do setor de saúde permite o acesso e oferecimento de terapias e processos mais eficientes e eficazes no combate as diversas morbidades as quais a população está exposta. Portanto é fundamental que o investimento de capital humano e financeiro seja destinado de maneira assertiva, buscando maximizar os ganhos pretendidos com as iniciativas de pesquisa e desenvolvimento, e de modo a converter os esforços e gastos coletivos, públicos e privados, em resultados concretos para a população. O impacto da integração de novas tecnologias no processo de desenvolvimento terapêutico, em especial na translação de produtos de terapia avançada para um efetivo uso clínico em escala apreciável, revela a importância da ampliação do portifólio de instrumentos capazes de direcionar os esforços para estratégias com maior potencial de realização. A Análise de Redes Sociais (ARS), tem sido amplamente aplicada em estudos de inovação, uma vez que os principais indicadores usados por pesquisadores para avaliar pesquisa e desenvolvimento e resultados de inovação podem ser encontrados em dados de patentes, tais informações podem trazer insights para os esforços na promoção de estratégias de inovação e sobre os fluxos de conhecimento do processo de desenvolvimento de tecnologia, em especial, setores intensivos de crescimento, como a área biotecnológicas aplicada à saúde. A análise bibliométrica baseada na citação de patentes é uma ferramenta importante para prever tecnologias emergentes, e o estudo dos caminhos relevantes nas redes de citação pode retratar trajetórias tecnológicas de grande relevância para a incorporação de novas terapias no sistema de saúde brasileiro. Nossa hipótese é que o delineamento das rotas biotecnológicas na área de imunoterapia com produtos de terapia gênica, definido por meio do estudo de patentes, pode oferecer um enorme ganho estratégico e econômico no cenário local. O objeti4vo desta proposta de mudança é redirecionar o escopo da pesquisa inicial para a prospecção das rotas tecnológicas empregadas no desenvolvimento de terapias avançadas, em particular: terapias gênicas aplicadas à imunoterapia com células CAR, a fim de apontar as estratégias científicas e de colaboração com melhor potencial de investimento técnico e financeiro para o desenvolvimento de produtos nacionais ou facilitar o acesso à essas novas plataformas por meio do estabelecimento de parcerias com agentes chave, do setor público e privado, nacionais ou internacionais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)