Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização genética de microrganismos isolados no sítio cirúrgico de cães e no ambiente cirúrgico

Processo: 19/20585-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2021
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Paola Castro Moraes
Beneficiário:Mareliza Possa de Menezes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):21/09438-5 - LAMP point-of-care testing para orientação na escolha do antimicrobiano para o tratamento de pioderma canino, BE.EP.DR
Assunto(s):Microbiologia   Genética microbiana   Cães   Médicos veterinários   Hospitais   Anti-infecciosos   RNA ribossômico 16S   Farmacorresistência bacteriana   Eletroforese em gel de campo pulsado   Técnicas de diagnóstico molecular

Resumo

O evento da resistência bacteriana é fenômeno natural e seu desenvolvimento é inevitável em algum momento, porém o uso indevido e excessivo de antimicrobianos vem contribuindo para sua evolução devido à grande capacidade de adaptação desses microrganismos em curto período. As infecções causadas por organismos resistentes a múltiplos fármacos estão associadas à maior morbidade, mortalidade e aumento significativos nos gastos com cuidados de saúde. Dentro desse cenário, a Medicina Veterinária representa importante papel no desenvolvimento de microrganismos resistentes e apresenta grande potencial de transferência de genes e microrganismo de pacientes veterinários a humanos, sendo a utilização de antimicrobianos na profilaxia e terapêutica cirúrgica um dos principais motivos do emprego desses fármacos em animais de companhia. Nesse sentido, o presente projeto propõe a caracterização genética e detecção de genes de resistência de bactérias isoladas no sítio cirúrgico de cães, nas mãos do cirurgião antes e após a desinquinação, e no ambiente cirúrgico durante o transoperatório. A detecção de genes de resistência será através de PCR, a caracterização dos isolados por sequenciamento do rRNA 16S, e também será realizada a comparação do perfil de diversidade genética através da eletroforese em gel de campo pulsado (PFGE). Com isso, o presente projeto contribuirá na identificação do potencial de transmissão de microrganismos entre pacientes e profissionais veterinários e na identificação de cepas multirresistentes presentes no ambiente hospitalar, auxiliando no desenvolvimento de métodos eficazes e aplicáveis de diagnóstico microbiológico e nos estabelecimentos de protocolos de gestão antimicrobiana para a rotina hospitalar. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)