Busca avançada
Ano de início
Entree

Alterações respiratórias promovidas pela estimulação de receptores taquicinérgicos na região do núcleo retrotrapezóide

Processo: 19/20504-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Thiago dos Santos Moreira
Beneficiário:Octávio Augusto de Carvalho Maia
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/23376-1 - Núcleo retrotrapezóide, quimiossensibilidade central e automaticidade respiratória, AP.TEM
Assunto(s):Fenômenos fisiológicos respiratórios   Bulbo olfatório   Hipóxia   Ventilação   Células quimiorreceptoras   Serotoninérgicos   Pletismografia   Modelos animais

Resumo

A ventilação é um processo fisiológico que depende de uma integração de redes neurais, o qual é essencial para a manutenção do meio interno em equilíbrio. Todo esse mecanismo tem como objetivo principal manter em níveis adequados os valores de O2 e CO2 no sangue e tecidos. É bem estabelecido que os quimiorreceptores centrais e periféricos detectam as alterações nas concentrações dos gases sanguíneos arteriais e transmitam essas informações para centros respiratórios que regulam a atividade respiratória. Muitas são as regiões importantes na quimiorrecepção, incluindo o núcleo retrotrapezóide (RTN). No RTN, o mecanismo de quimiorrecepção central envolve ativação de neurônios quimiossensíveis, os quais detectam alterações de CO2/pH, sendo possivelmente modulado pela sinalização taquicinérgica. Desta maneira, o principal objetivo desse projeto será investigar a participação de receptores taquicinérgicos, localizados na região do RTN, nas respostas de ativação dos quimiorreceptores centrais e/ou periféricos e uma possível integração com a sinalização serotonérgica. Os experimentos elaborados neste projeto utilizarão camundongos geneticamente modificados, bem como a injeção de vetores virais e técnicas de registro da atividade respiratória mediante a pletismografia de corpo inteiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)