Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de protocolos nutricionais para marmoreio sobre as características e qualidade da carne de bovinos Nelore confinados

Processo: 19/26951-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Danilo Domingues Millen
Beneficiário:Luana Doretto Felizari
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Dracena. Dracena , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):21/08116-4 - Os efeitos do Plexomin L-Mn na diferenciação de células satélite bovinas e na abundância de GLUT-4 em um modelo de cultura de células, BE.EP.MS
Assunto(s):Bovinos   Confinamento animal   Gado Nelore   Dieta animal   Nutrição animal   Carnes e derivados   Gorduras   Silagem

Resumo

O objetivo deste projeto é avaliar diferentes protocolos nutricionais para marmoreio, com inclusões de silagem de grãos úmidos de milho, sais cálcicos de ácidos graxos (SCAG), zinco e cromo orgânico, na dieta de bovinos Nelore confinados, ranqueados por diferença esperada na progênie (DEP) para alto e baixo marmoreio na qualidade da carne. Serão utilizados 132 animais, machos, não castrados, da raça Nelore, com peso vivo médio inicial aproximado de 380 kg, sendo que 12 deles (2 por Bloco) serão abatidos como referência no dia 0 do experimento. Portanto, o estudo prosseguirá com 120 animais, os quais serão alocados em 30 baias (n = 4 por baia). Todos os animais terão pais conhecidos e desta forma estes serão divididos em grupos de alta e baixa DEP para marmorização antes de serem blocados por peso. As dietas de terminação conterão 84% de concentrado e os tratamentos serão arranjados em fatorial 2 × 2 + 1: T1) Milho moído fino; T2) Silagem de grão de milho úmido; T3) Milho moído fino + SCAG; T4) Silagem de grão úmido de milho + SCAG; e T5) Silagem de grão úmido de milho + SCAG + zinco e cromo orgânico. Será incluso monensina sódica em todos os tratamentos na dose de 25 ppm. O estudo terá duração de 112 dias, e serão avaliadas variáveis de qualidade da carne, tais como: composição centesimal, cor e força de cisalhamento, análise sensorial com consumidores, perfil lipídico, oxidação lipídica, mensuração de células satélites, área de olho de lombo, espessura de gordura subcutânea e marmorização. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)