Busca avançada
Ano de início
Entree

Curva logoaudiométrica: percepção de fala na Doença de Ménière

Processo: 20/13045-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Daniela Gil
Beneficiário:Patricia Craveiro Fernandes
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Doença de Meniere   Logoaudiometria   Inteligibilidade da fala

Resumo

Este estudo tem como objetivo obter a curva logoaudiométrica, ou de inteligibilidade da fala, em pacientes diagnosticados com a Doença de Ménière. Além disso, de acordo com a fase da doença, qualificar através dos questionários Dizziness Handicap Inventory (DHI) e Tinnitus Handicap Inventory (THI) a qualidade de vida auto referida na presença de zumbido e vertigem. A doença de Ménière afeta o ouvido interno, que é composto pela cóclea e canais semicirculares. Os sintomas incluem vertigem incapacitante severa, náusea, vômito, sensação de plenitude auricular e perda de audição. A perda de audição caracteriza-se como sensorioneural, na qual a discriminação e a inteligibilidade da fala encontram-se alteradas, sendo quantificadas através da Logoaudiometria. Com isso, neste trabalho, a busca da curva logoaudiométrica será um dado necessário para compreender e relacionar as diferentes fases características da doença com a inteligibilidade da fala. Hipótese: Pacientes com diferentes configurações audiométricas apresentam curvas logoaudiométricas específicas que auxiliam na determinação da fase de evolução da doença.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)