Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito antifúngico de formulação fitoterápica para enxaguatório bucal com romã em infecções mucosas causadas por Candida albicans e Candida glabrata

Processo: 20/12321-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 04 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 03 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Debora Barros Barbosa
Beneficiário:Ana Paula Miranda Vieira
Supervisor no Exterior: Nuno Goncalo Pereira Mira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Lisboa, Portugal  
Vinculado à bolsa:18/06582-5 - Avaliação do potencial anticariogênico, irritante e citotóxico de uma formulação para enxaguatório bucal sem álcool contendo extrato da casca de Romã (Punica granatum), trimetafosfato de sódio e flúor, BP.DR
Assunto(s):Biofilmes   Transcriptoma   Candida   Candida albicans   Antifúngicos   Candida glabrata   Extratos vegetais   Romã (fruta)   Trimetafosfato de sódio   Flúor

Resumo

O objetivo do presente trabalho é avaliar a ação antifúngica de uma formulação para enxaguatório bucal a base de extrato da casca da romã, trimetafosfato de sódio e flúor para aplicação na prevenção e/ou tratamento de candidíase bucal. A eficácia das formulações sobre a inibição do crescimento de Candida albicans SC5314 e Candida glabrata CBS138 será determinada pela concentração inibitória mínima pelo método da microdiluição. Além de cepas de referências, cepas clínicas orais serão avaliadas. Os biofilmes das cepas de C. albicans e C. glabrata serão quantificados por meio do Reagente de Viabilidade Celular (PrestoBlueTM) e serão obtidas imagens microscópicas para avaliar a porcentagem de células com filamentação. Para determinar o efeito das formulações no equilíbrio entre Candida, microrganismos benéficos (Lactobacillus) e células epiteliais, será usado um sistema de co-cultura, onde será determinada a viabilidade celular por plaqueamento e pelo método XTT. Para ter uma visão mais dinâmica do processo será também usado um método baseado em microscopia de fluorescência confocal recorrendo a marcadores de viabilidade celular (e.g. SYTO9). A resposta celular ao nível do transcritoma das células de Candida às formulações será avaliada durante o crescimento plantônico e em biofilmes pré-formados, com base em microarrays de DNA. Os testes estatísticos adequados serão aplicados com nível de significância de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)