Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de toxicidade aguda e índice de teratogenicidade de compostos referência a embriões e larvas de Zebrafish

Processo: 20/13198-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Helena Janke
Beneficiário:Jhonne Pedro Pedott Santana
CNAE: Fabricação de medicamentos para uso humano
Fabricação de medicamentos para uso veterinário
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Vinculado ao auxílio:19/22938-7 - Zebradvances Company - Núcleo de Pesquisa e Inovação com Zebrafish, AP.PIPE
Assunto(s):Toxicidade aguda   Teratogenicidade

Resumo

A determinação de toxicidade aguda de compostos utilizados para avaliação de cardiotoxicidade, hepatototoxicidade, genotoxicidade, neurotoxicidade e imunotoxicidade é a primeira etapa a ser desenvolvida no processo de validação das metodologias aplicadas no rastreio toxicológico utilizando Zebrafish. Para isso serão realizados testes seguindo Guideline OECD 236 (Fish Embryo Acute Toxicity (FET) Test) com os compostos de referência. A toxicidade aguda é determinada com base em um resultado positivo em qualquer uma das observações registradas para endpoints de toxicidade. As LC50 (Lethal Concentration - 50% dos organismos), EC50 (Effective Concentrations - 50% dos organismos), LOEC (Lowest-Observed-Effect Concentration), NOEC (No-Observed-Effect Concetration) e índice de teratogênico (TI = LC50/EC50) serão determinadas. Com base nos valores de toxicidade aguda serão determinadas as concentrações desses compostos a serem utilizados nos demais testes propostos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)