Busca avançada
Ano de início
Entree

As interações entre Estado e organizações evangélicas na implementação de políticas públicas

Processo: 20/13977-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Políticas Públicas
Pesquisador responsável:Renata Mirandola Bichir
Beneficiário:Ana Claudia Salgado Cortez
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07616-7 - CEM - Centro de Estudos da Metrópole, AP.CEPID
Assunto(s):Igreja e estado   Estado (política)   Igreja   Evangélicos   Institucionalização

Resumo

O principal objetivo da pesquisa é compreender quais mecanismos explicam a institucionalização de demandas de organizações evangélicas pelo Estado em dois contextos diferentes: quando há parcerias formais entre esses atores - caso das comunidades terapêuticas; e quando essas organizações inserem seus representantes na burocracia estatal - caso dos conselheiros tutelares. Nossa principal hipótese é que ao se relacionar com organizações evangélicas para a produção de políticas públicas, o Estado passa a institucionalizar categorias inspiradas por valores religiosos, passando a "enxergar" em parte como tais organizações. De caráter qualitativo, a pesquisa será realizada por meio de pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas. Nossa proposta se insere na agenda de trabalho do Centro de Estudos da Metrópole (CEM/CEPID), mais especificamente do projeto temático "A governança multinível da política de assistência social", coordenado pela Profa. Dra. Renata Bichir. Contribuiremos para esse projeto na medida em que buscaremos compreender os diferentes modos de interação entre atores estatais e um ator social menos estudado pela literatura, porém de extrema relevância na atualidade, as organizações evangélicas. Nossa principal contribuição teórica será iluminar processos de institucionalização de demandas que são especialmente relevantes para a compreensão das relações entre Estado e sociedade civil no Brasil, debate esse que está na fronteira dos estudos socioestatais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)