Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das propriedades termoelétricas em óxidos

Processo: 20/02017-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 28 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 27 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Edson Roberto Leite
Beneficiário:Leilane Roberta Macario
Supervisor no Exterior: Holger Kleinke
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Waterloo, Canadá  
Vinculado à bolsa:19/08040-8 - Melhoria do Desempenho Termoelétrico para o Material Cerâmico de SnO2 Dopado com Sb com uso de MnO2 como Aditivo de Sinterização, BP.PD
Assunto(s):Dopagem eletrônica   Energia   Materiais termoelétricos   Óxidos

Resumo

Os efeitos termoelétricos permitem a conversão direta entre energia térmica e elétrica, proporcionando assim, uma alternativa para geração de energia e refrigeração. Os materiais semicondutores atualmente utilizados para a construção de geradores termoelétricos possuem alto custo, e, portanto, há a necessidade pela busca de materiais acessíveis que possam substitui-los. Uma opção viável seriam os materiais óxidos, pois podem ser manuseados em atmosferas normais e sua dopagem pode ser feita utilizando outros óxidos. Os óxidos têm sido cada vez mais investigados para este fim, além de terem de menor custo em relação aos materiais que estão sendo utilizados atualmente, possuem baixa toxicidade, resistem a elevadas temperaturas e estão disponíveis em relativa abundância. O presente trabalho propõe a obtenção e caracterização da performance termoelétrica em óxidos cerâmicos. Esse projeto será subdivido em 2 partes: 1) caracterização termoelétrica de pastilhas a base de óxido de estanho obtidas como proposto no projeto de pesquisa vinculado (processo 2019/08040-8); 2) obtenção de novas pastilhas a base de óxido de estanho, variando parâmetros no método de síntese, para otimização da performance termoelétrica.Nas partes 1 e 2, as pastilhas dos óxidos cerâmicos a serem analisados serão produzidos via prensagem a frio seguido do método convencional de reação em estado sólido. A estrutura e a composição desses materiais serão analisadas por difração de raios X. As performances termoelétricas dos óxidos cerâmicos obtidos serão estudadas por intermédio das medidas de coeficiente Seebeck, condutividade elétrica e condutividade térmica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)