Busca avançada
Ano de início
Entree

Gasto energético relacionado ao movimento de micos-leões-pretos (Leontopithecus chrysopygus) em habitats fragmentados

Processo: 20/10617-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 09 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Laurence Marianne Vincianne Culot
Beneficiário:Gabriela Cabral Rezende
Supervisor no Exterior: Luca Borger
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa: Swansea University, País de Gales  
Vinculado à bolsa:17/11962-9 - Uso do habitat, padrões de movimento e gasto energético pelo mico-leão-preto (Leontopithecus chrysopygus) em diferentes contextos de fragmentação, BP.DR
Assunto(s):Comportamento   Primatas

Resumo

O gasto energético relacionado ao movimento reflete o desempenho dos animais em habitats alterados. Os micos-leões-pretos, Leontopithecus chrysopygus, são primatas ameaçados de extinção que podem ter seu movimento afetado por mudanças na estrutura da floresta devido à fragmentação, sendo bons candidatos para estudar a relação entre as características da floresta e o gasto energético relacionado ao movimento. Nesse contexto, as métricas de Aceleração Dinâmica Corporal (Dynamic Body Acceleration - DBA), obtidas a partir de acelerômetros acoplados em animais, são um poderoso proxy para avaliar o gasto energético. Nesse projeto, iremos 1) validar o método DBA em micos-leões-pretos cativos, combinando-o com o método da água duplamente marcada; 2) comparar o gasto energético relacionado ao movimento e outros comportamentos de micos-leões-pretos em três áreas florestais com diferentes tamanhos e estruturas, onde grupos de micos-leões selvagens serão monitorados usando dispositivos GPS e acelerômetros. Vou segmentar os dados de movimento de acelerômetros em diferentes fases de comportamento que, combinados com os dados de GPS, irão derivar mapas de alocação de comportamento. Irei quantificar o gasto de energia específico de cada comportamento e compará-lo entre os fragmentos de floresta, e executar análises de seleção de recursos específicos de comportamento, usando métodos de Função de Seleção de Recursos. Os resultados ajudarão a entender como a configuração estrutural do habitat interfere na quantidade de energia dispensada para atividades de sobrevivência e nos permitirão propor diretrizes cientificamente sólidas para o manejo de seu habitat, a fim de diminuir o custo energético da movimentação em manchas florestais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)