Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre habilidades motoras e cognitivas e a participação em lactentes e crianças com e sem a presença de riscos biológicos para o desenvolvimento

Processo: 19/15115-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Ana Carolina de Campos
Beneficiário:Lavínia Queiroz Carvalho
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Neuropediatria   Desenvolvimento infantil   Habilidades motoras   Desempenho motor   Contenção de riscos biológicos   Fatores de risco   Participação   Consentimento esclarecido   Estudos experimentais

Resumo

Nos primeiros anos de vida, crianças participam de uma variedade de atividades em suas casas, creche/pré-escola, e comunidade. No entanto, há escassez de estudos que contemplem a participação e o ambiente de lactentes e crianças expostos a fatores de risco biológicos. Ainda, não está clara a relação entre o perfil funcional da criança, o seu desempenho motor e cognitivo, e a sua a participação e o ambiente em que a mesma está inserida. Objetivos: investigar associações entre o desempenho motor e cognitivo com a participação nos contextos da casa, creche/pré-escola, e comunidade e com as barreiras do ambiente de lactentes e crianças com e sem a presença de riscos biológicos para o desenvolvimento. Métodos: Participarão deste estudo 20 lactentes e crianças com a presença de fatores de risco para o desenvolvimento (grupo experimental) e 20 lactentes e crianças sem a presença de fatores de risco (grupo controle), que estejam na faixa etária entre 0 e 3 anos de idade, juntamente com seus pais ou responsáveis. O estudo foi aprovado pelo comitê de ética (CAAE:22147119.2.0000.5504). Após consentimento informado dos pais/responsáveis, os lactentes serão avaliados quanto ao seu desempenho motor e cognitivo por meio da Bayley Scales ofInfant and Toddler Development - 3ª edição (BSITD-III), quanto ao seu perfil funcional por meio da Pediatric Evaluation of Disability Inventory - PEDI (Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade), e os responsáveis responderão ao questionário Young Children's Participation and Environment Measure (YC-PEM) , um instrumento inovador que mensura a participação em atividades realizadas nos contextos casa, creche/pré-escola e comunidade, e documenta barreiras e facilitadores ambientais. Após ser determinada a distribuição dos dados, serão aplicados testes paramétricos ou não-paramétricos para analisar: a frequência de participação e o envolvimento da criança em cada ambiente, e a porcentagem de barreiras e facilitadores, comparando os grupos experimental e controle; a correlação dos escores nos domínios motor e cognitivo segundo a BSITD-III e dos escores das capacidades funcionais segundo a PEDI com a frequência e envolvimento nas atividades de cada contexto e com a as barreiras e facilitadores ambientais. Resultados esperados: O estudo permitirá coletar dados pioneiros com relação à participação e ao ambiente de lactentes e crianças brasileiros. Espera-se que a frequência e envolvimento nas atividades realizadas na casa, creche/pré-escola e comunidade serão menores entre lactentes/crianças com fatores de risco para o desenvolvimento em comparação com aqueles sem fatores de risco. Os resultados obtidos com relação à seção do ambiente irão revelar as barreiras e facilitadores para participação relevante para o contexto local. Ainda, espera-se que as habilidades funcionais, motoras, e cognitivas nos participantes com e sem risco irão se correlacionar com a participação em todos os contextos avaliados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)