Busca avançada
Ano de início
Entree

Ação antimicrobiana e antibiofilme do extrato de Melaleuca alternifolia sobre cepas clínicas multirresistentes de Pseudomonas aeruginosa

Processo: 20/05475-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Luciane Dias de Oliveira
Beneficiário:Allanis Mota da Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacologia   Anti-infecciosos   Melaleuca   Biofilmes   Pseudomonas aeruginosa   Teste de Tukey

Resumo

A fitoterapia tem recebido notoriedade em razão das diversas propriedades medicinais de seus compostos. Relacionando esse aspecto ao elevado índice de cepas de micro-organismos resistentes aos antimicrobianos convencionais os extratos naturais tornam-se uma alternativa na busca por um novo composto antimicrobiano. O objetivo do trabalho será avaliar a ação antimicrobiana e antibiofilme do extrato de Melaleuca alternifolia sobre três cepas clínicas multirresistentes de Pseudomonas aeruginosa. A atividade antimicrobiana sobre culturas planctônicas será verificada por meio de microdiluição em caldo de acordo com a CLSI. Para isso, diluições seriadas dos extratos serão feitas em placas de 96 poços, em que será adicionada a suspensão de microrganismos padronizada em 106 células/mL. Após 24h de incubação, será verificada a turbidez dos poços, avaliando a presença da CIM (Concentração Inibitória Mínima). A partir da CIM serão semeadas alíquotas dos poços para que seja determinada a CMM (Concentração Microbicida Mínima). Os testes em biofilmes monotípicos serão realizados com a distribuição de suspensões padronizadas em 107 células/mL em placas de 96 poços com caldo BHI. Após formação do biofilme, será realizada a aplicação do extrato nas concentrações pré-determinadas pela CMM. Como controles serão utilizadas solução de clorexidina e caldo BHI. Todos os tratamentos serão aplicados pelo tempo de 5 min e de 24h em experimentos independentes. A mensuração da viabilidade dos biofilmes após os tratamentos será realizada pelo teste de MTT. A análise estatística será realizada com 5% de significância (p<0,05%), sendo que dados com distribuição normal e homogeneidade serão analisados pelo método ANOVA complementado pelo Teste de Tukey e os dados que não passarem por ambos testes serão avaliados por Kruskall Wallis e teste de Dunn.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)