Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise quantitativo do risco de peste suína clássica no Equador

Processo: 20/11711-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Fernando Ferreira
Beneficiário:Alfredo Javier Acosta Batallas
Supervisor no Exterior: Depner Klaus
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Friedrich-Loeffler-Institut (FLI), Alemanha  
Vinculado à bolsa:17/22912-2 - Avaliação do sistema de vigilância para Peste Suína clássica do Equador: proposta de sistema de vigilância baseado em risco, BP.DD
Assunto(s):Epidemiologia   Erradicação de doenças   Controle de doenças   Fatores de risco   Peste suína clássica   Viroses em animais   Equador

Resumo

A peste suína clássica (PSC) é uma doença viral que afeta os suínos domésticos e selvagens, consideradas uma das doenças mais importantes na produção de suínos. Esforços de erradicação por mais de 150 anos em todo o mundo, resultou em 38 países com status reconhecido como livre, especialmente em América do Norte, Europa, Austrália parte da América do Sul, entre outros) (OIE, 2019). No Equador, o programa de controle e as estratégias de combate à PSC melhoraram nos últimos dez anos, entretanto, faltam informações de base relevantes sobre a epidemiologia da doença. Os planos governamentais consideram a melhoria das estratégias sanitárias, risco vigilância baseada pode ser útil, no entanto, os fatores de risco associados à doença não foram totalmente compreendidos nem publicados.Este projeto de pesquisa pretende avaliar em uma abordagem quantitativa os fatores de risco associada à disseminação da peste suína clássica no Equador. A análise usará a expertise em epidemiologia e metodologias desenvolvidas no Federal Research Instituto de saúde animal - Friedrich-Loeffler-Institut na Alemanha, com atenção especial a modelos de simulação utilizados para analisar estratégias de intervenção. Os resultados serão exibidos como visualizações de mapas de risco espacial e relatórios que podem ser usados para direcionar intervenções por veterinários oficiais e partes interessadas. A análise será feita a partir das bases de dados oficiais do Ministério da Agricultura do Período 2017-2019, esses conjuntos de dados contêm: registros de produtores de animais, vigilância de PSC,resultados de testes, registros de vacinação, certificados de trânsito animal e registros de supervisão. A análise preliminar durante o projeto de doutorado, sugere uma baixa sensibilidade do sistema de vigilância oficial. A análise dos fatores de risco associados à apresentação da PSC é importante e preencherá lacunas na compreensão da história natural da PSC no Equador.Este projeto trata de um problema econômico e social relevante para o Equador e por extensão para as economias de outros países da América do Sul como: Bolívia, Peru, Colômbia e Brasil (regiões norte e nordeste; compartilhando práticas produtivas semelhantes como Equador), esses países enfrentam desafios semelhantes para implementar análise de fatores de risco. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)