Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da modulação da PTEN sobre a sinalização glutamatérgica em modelo de neuroinflamação

Processo: 20/08005-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Elisa Mitiko Kawamoto Iwashe
Beneficiário:Gabriela Spina Nagy
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Glutamatos   Neuroinflamação   PTEN fosfo-hidrolase   Neurociências   Estresse oxidativo   Sistema nervoso central

Resumo

Neuroinflamação, estresse oxidativo e excitotoxicidade são processos fortemente atrelados ao envelhecimento e a patologias do sistema nervoso central (SNC), como as doenças de Parkinson e de Alzheimer. O reconhecimento de padrões moleculares, endógenos ou exógenos (como lipopolissacarídeo), por receptores específicos nas células do sistema imune inato desencadeia a inflamação no SNC. Tal reconhecimento ativa as células da microglia induzindo a translocação do fator nuclear kappa b (NF-ºB) estimulando a produção de moléculas pró-inflamatórias, incluindo espécies reativas de oxigênio que estão ligadas ao estresse oxidativo. A presença desses mediadores também pode induzir a liberação do neurotransmissor glutamato, relacionado ao fenômeno de excitotoxicidade. A fosfatase e tensora homóloga com deleção do cromossomo 10 (PTEN) parece estar relacionada com essas condições neuropatológicas, sendo assim um possível alvo de ação farmacológica. Estudos anteriores já demonstraram que mutações nesta proteína estão ligadas a distúrbios no SNC, como autismo. A PTEN possui importantes funções vinculadas a sua ação como fosfatase, além da sua função na morfologia cerebral e na plasticidade sináptica. Esta proteína modula negativamente a via da AKT a qual regula diversos processos celulares incluindo a ativação do fator de transcrição NF-ºB, podendo apresentar papel importante na inflamação e na produção de espécies reativas de oxigênio. Por outro lado, estudos também mostram uma possível participação da fosfatase no processo excitotóxico. Apesar dos estudos demonstrarem influência da PTEN na neuroinflamação, os resultados ainda são contraditórios e pouco compreendidos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NAGY, GABRIELA SPINA; KAWAMOTO, ELISA MITIKO; BRIDI, JESSIKA CRISTINA. The role of PTEN signaling in synaptic function: Implications in autism spectrum disorder. Neuroscience Letters, v. 759, AUG 10 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.