Busca avançada
Ano de início
Entree

Suicídio na população idosa brasileira: taxas de mortalidade entre 2007 e 2017

Processo: 20/09433-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Cleusa Pinheiro Ferri
Beneficiário:Pâmelli Lopez Kamel
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Psiquiatria geriátrica   Depressão   Mortalidade   Suicídio   Idosos   Sistemas de informação em saúde   Indicadores socioeconômicos   Estudo comparativo

Resumo

O envelhecimento da população é um fenômeno mundial. Na última década, o Brasil enfrentou um crescimento quatro vezes maior da população acima de 60 anos quando comparado com o da população geral. A mudança no âmbito psicossocial enfrentada por esse grupo populacional contribui para os números crescentes de suicídio nesta faixa etária. A maioria dos estudos relacionados a este tema foca na população mais jovem e não existe uma descrição detalhada e atualizada do suicídio na população idosa brasileira. Objetivos: Estimar e comparar as taxas de suicídio na população acima de 60 anos em 2007 e 2017 no Brasil e em suas cinco regiões estratificadas por idade e sexo. Metodologia: Análise de dados fornecidos pelo Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM), utilizando os eventos dos códigos X60 a X84 da 10ª revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID-10), bem como de estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Serão estimadas as taxas de suicídio da população acima de 60 anos entre 2007 e 2017. Estas serão estratificadas de acordo com sexo, idade e região e comparadas entre si e entre 2007 e 2017. Para as comparações entre regiões e entre os anos de 2007 e 2017, será realizada a padronização por sexo e por idade usando como referência as características demográficas da população brasileira apresentada pelo Censo Demográfico do Brasil de 2010. Ainda, será avaliado se existe associação destas estimativas com indicadores socioeconômicos regionais. Resultados esperados: Contribuir com o saber epidemiológico do tema abordado, descrevendo o impacto do suicídio na população idosa, identificando grupos mais vulneráveis neste setor da população, com contribuição para a gestão em saúde na formulação de políticas de saúde e intervenções destinadas ao suicídio.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)