Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos inflamassomas NLRP3 e NAIP-NLRC4 na infecção por Toxoplasma gondii em células gliais do sistema nervoso central

Processo: 18/19252-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Karina Ramalho Bortoluci
Beneficiário:Marcelo Pires Amaral
Instituição Sede: Centro de Terapia Celular e Molecular. Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Inflamassomos   Toxoplasma gondii   Sistema nervoso central   Infecção   Modelos animais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Células Gliais | inflamassomas | NLRP3 e NAIP-NLRC4 | Toxoplasma gondii | Imunologia molecular

Resumo

Toxoplasma gondii é um parasito intracelular obrigatório e é o responsável por causar a doença Toxoplasmose, a qual pode apresentar diversas manifestações clínicas graves e até mesmo conduzir pacientes imunocomprometidos a óbito. T. gondii é o principal modelo de neurotropismo de protozoários, sendo amplamente observado em sua forma latente (cistos) em células do Sistema Nervoso Central (SNC). O controle da infecção por T. gondii é mediado pela resposta imune inata e adaptativa. Os mecanismos efetores para o controle da infecção por T. gondii são gerados a partir da ativação de receptores/sensores da imunidade inata, incluindo os inflamassomas. Após a ativação dos inflamassomas ocorre o recrutamento obrigatório ou facultativo - dependendo do inflamassoma - da proteína adaptadora ASC, que é capaz de induzir a clivagem de pró-caspase-1 em caspase-1 ativa. Em seguida, caspase-1 cliva as citocinas pró-inflamatórias pró-IL-1beta e pró-IL-18 em suas formas ativas IL-1beta e IL-18, além de também clivar gasdermina D (GSDMD). O fragmento N-terminal de GSDMD se insere na membrana da célula formando poros, resultando na morte celular inflamatória denominada piroptose. Recentemente, NLRP3 tem sido caracterizado como um importante inflamassoma no controle de protozoários, enquanto o inflamassoma NAIP-NLRC4 tem sido relacionado ao controle de infecções bacterianas, além de seu papel em inflamações estéreis. Não há dados na literatura avaliando o papel dos inflamassomas em células gliais do SNC no contexto de infecção por T. gondii. O presente projeto tem como objetivo principal avaliar o papel dos inflamassomas NLRP3 e NAIP-NLRC4, e também da sua possível interação, no controle da infecção por T. gondii em células gliais do SNC de camundongos. A caracterização dos mecanismos efetores mediados pelos inflamassomas na infecção pelo T. gondii trará luz para o entendimento destes complexos proteicos em diferentes tipos celulares e para o desenvolvimento de terapias eficazes contra o parasito. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRANCO, LAURA MIGLIARI; AMARAL, MARCELO PIRES; BOEKHOFF, HENNING; DE LIMA, ANA BEATRIZ FIGUEIREDO; FARIAS, INGRID SANCHO; LAGE, SILVIA LUCENA; PEREIRA, GUSTAVO JOSE SILVA; FRANKLIN, BERNARDO SIMOES; BORTOLUCI, KARINA RAMALHO. Lysosomal cathepsins act in concert with Gasdermin-D during NAIP/NLRC4-dependent IL-1 beta secretion. CELL DEATH & DISEASE, v. 13, n. 12, p. 10-pg., . (15/09029-7, 17/25942-0, 17/21814-7, 18/19252-3, 21/03371-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.