Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial de mitigação na emissão de metano entérico em sistemas integrados de produção agropecuária

Processo: 19/26609-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 02 de março de 2024
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Adibe Luiz Abdalla
Beneficiário:Alyce Raiana Monteiro dos Santos
Instituição Sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):21/14691-1 - Sistemas integrados de produção como estratégia para mitigar as emissões de gases de efeito estufa de produção de carne bovina resiliente e sustentável, BE.EP.DR
Assunto(s):Produção sustentável   Emissão de gases   Metano   Gases do efeito estufa   Agropecuária   Pecuária sustentável   Bovinos de corte   Fermentação ruminal   Forragem
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Modelagem | Produção de gases de efeito estufa | produção sustentável | Sustentabilidade da produção animal

Resumo

A produção de metano (CH4) entérico causa elevada perda de energia para os ruminantes. Essa produção é maior quando os animais consomem forragem de baixa digestibilidade, assim sendo, aumentar a qualidade da forragem é uma forma efetiva de reduzir a emissão CH4 por unidade de produto animal. Sistemas de integração lavoura-pecuária e lavoura-pecuária-floresta são estratégias para produção sustentável com potencial de mitigação das mudanças climáticas de gases de efeito estufa. O objetivo deste estudo é investigar a taxa de fermentação ruminal e degradabilidade da forragem produzida em diferentes sistemas integrados e estimar/simular in silico, a partir dos teores de fibras, digestibilidade da forragem e modelos matemáticos, a produção de gases do efeito estufa por bovinos de corte em diferentes sistemas de produção. Para isso, serão utilizados dados de experimento realizado na Embrapa Agrossilvipastoril em Sinop - MT, conduzido em delineamento de blocos completos casualizado, com quatro sistemas de produção e quatro repetições. Os sistemas foram definidos como: 1. Pecuária (P) em monocultivo; 2. Pecuária-floresta (PF); 3. Lavoura-pecuária (LP); e 4. Lavoura-pecuária-floresta (LPF). Serão realizadas análises para determinação da taxa de fermentação e degradabilidade da matéria orgânica por sistema in vitro de produção de gases e serão realizadas calibrações do modelo RUMINANT com o objetivo de estimar as emissões de CH4 entérico com base na qualidade da forragem nos diferentes sistemas. Além da publicação de artigos científicos, os resultados obtidos neste trabalho deverão ser apresentados à comunidade científica e divulgados visando contribuir para políticas públicas e fornecer subsídios para propor alternativa alimentar sustentável para produção de bovinos de corte. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)