Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem 3D da barreira hematoencefálica para estudos do surgimento e progressão da Doença de Alzheimer

Processo: 20/07402-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Marimélia Aparecida Porcionatto
Beneficiário:Jessica Smelstein
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/12605-8 - Desenvolvimento de microplataformas brain-on-a-chip para modelagem do sistema nervoso central in vitro, AP.TEM
Assunto(s):Bioengenharia   Doença de Alzheimer   Sistema nervoso central   Biomateriais   Barreira hematoencefálica   Bioimpressão tridimensional   Modelagem tridimensional   Técnicas in vitro
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Barreira hematoencefálica | Bioimpressão 3D | Doença de Alzheimer | Bioengenharia Tecidual

Resumo

O conceito de organ-on-a-chip, que abrange diferentes modelagens ou reproduções de tecidos ou órgãos in vitro a partir da combinação de células e materiais biocompatíveis, tem se tornado uma alternativa para estudos in vivo. O impulso inicial se deu pelas iniciativas mundiais de redução do uso de animais de experimentação, porém os organ-on-a-chip têm potenciais aplicações muito mais amplas, como por exemplo, estudos do desenvolvimento de órgãos e testes de fármacos. Plataformas que modelam ou mimetizam o sistema nervoso central (SNC), conhecidas como brain-on-a-chip, consistem na cultura de células-tronco neurais ou células-tronco de pluripotência induzida (iPSCs), sobre materiais biocompatíveis ou em construções mais complexas com sistemas para circulação de fluidos mimetizando tanto a circulação sanguínea e barreira hematoencefálica (BHE), quanto a circulação do líquido cefalorraquidiano. As plataformas para estudos do SNC in vitro permitem aplicações diversas como estudos de mecanismos celulares e moleculares do surgimento e progressão de doenças neurodegenerativas e testes de fármacos para tratar essas doenças. Diante desse cenário, objetivo deste projeto é produzir um modelo de BHE utilizando bioimpressão tridimensional (3D) para estudos de mecanismos celulares e moleculares envolvidos na fisiopatologia das doenças que afetam o SNC, em especial a Doença de Alzheimer. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)