Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de novos genes envolvidos em resposta ao estresse em Aspergillus fumigatus através de screening quantitativo de código de barra genético

Processo: 20/01131-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Gustavo Henrique Goldman
Beneficiário:Clara Isabel Valero Fernández
Supervisor no Exterior: Michael John Bromley
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Manchester, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:18/00715-3 - Caracterização molecular de fatores de transcrição envolvidos no metabolismo de cálcio em Aspergillus fumigatus., BP.PD
Assunto(s):Aspergilose pulmonar invasiva   Resistência à doença   Antifúngicos   Desenvolvimento de fármacos   Cálcio   Micologia   Aspergillus fumigatus

Resumo

A aspergilose invasiva (AI) causada por Aspergillus fumigatus provoca extensa morbidade e mortalidade, principalmente em pacientes imunossuprimidos. Poucas classes de drogas antifúngicas estão disponíveis para o tratamento desta doença e a resistência está se desenvolvendo na primeira linha de tratamento. Sendo assim, novos agentes para tratar a AI são urgentemente necessários. Quando o fungo invade os pulmões humanos, ele precisa se adaptar ao ambiente hospedeiro para sobreviver e implantar estratégias de virulência. Nesse contexto, as vias envolvidas na adaptação ao estresse externo tem ganhado atenção, e alguns componentes foram sugeridos como possíveis alvos antifúngicos. Classicamente, os ensaios de screening in vitro têm sido amplamente utilizados para identificar novos alvos de drogas antimicrobianas. No entanto, esses ensaios são trabalhosos e demorados. Para superar essas limitações, o screening quantitativa de códigos de barras surgiu como uma nova ferramenta para identificar novos alvos de medicamentos, reduzindo as despesas de tempo e custo. Neste projeto, propomos fazer o screenig de uma ampla biblioteca de genes deletados de A. fumigatus para identificar genes envolvidos em respostas adaptativas ao estresse por cálcio e caspofungina. Além disso, nosso objetivo é usar a mesma tecnologia para estabelecer o papel dessas respostas adaptativas na virulência e interações hospedeiro-patógeno. Por fim, os dados gerados durante este projeto levarão à identificação de componentes das vias de sinalização de resposta ao estresse que podem ser alvos antifúngicos promissores. Esses genes serão posteriormente caracterizados em melhores detalhes pelo nosso grupo de pesquisa no Brasil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)