Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da dieta de baixo teor de carboidratos e alto teor de gordura associada ou não ao treinamento resistido sobre o remodelamento da matriz extracelular e fibrose ventricular do coração de ratos

Processo: 19/17737-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Heloisa Sobreiro Selistre de Araújo
Beneficiário:Bianca Caruso Moreira
Instituição Sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Expressão gênica   Matriz extracelular   Fibrose   Coração   Obesidade   Modelos animais   Treinamento de força
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Coração | expressão gênica | Fibrose | matriz extracelular | Treinamento resistido | Cardiovascular

Resumo

A obesidade é um importante fator de risco modificável responsável pelo desenvolvimento de doenças cardiovasculares. O coração sendo um órgão responsável por regular e suprir as diversas necessidades nutricionais e hemodinâmicas do organismo, possui vários componentes celulares e não celulares, que estão contidos em uma rede tridimensional, a matriz extracelular cardíaca (MECC). Os colágenos fibrilares do tipo I e III são as principais proteínas estruturais da MECC e proporcionam ao coração condições adequadas para seu funcionamento. A deposição e remoção das fibras colágenas são reguladas em especial pela atividade das metaloproteinases (MMPs) e seus inibidores teciduais (TIMPs) que, de forma equilibrada, evitam a deposição de fibras colágenas em níveis patológicos na MECC. A quebra deste mecanismo regulatório pode estar associada a disfunções inflamatórias crônicas, principalmente geradas pela obesidade, as quais ativam vias de sinalizações para a promoção do remodelamento patológico e fibrose cardíaca. Assim, com intuito de promover benefícios à saúde cardiovascular, a utilização de dietas (Low carb/ High fat [LCHF]) e de exercícios físicos como por exemplo, o Treinamento resistido (TR) vem ganhando força e notoriedade. Contudo, há controvérsias sobre o efeito da dieta LCHF e do TR na promoção da saúde cardiovascular em longo prazo, considerando que os estudos não envolveram períodos prolongados de intervenção. Portanto, nosso objetivo é estudar os efeitos em longo prazo que a dieta LCHF, associada ou não com o TR, exerce sobre a o remodelamento e fibrose do tecido ventricular cardíaco. Para isso, utilizaremos um modelo animal de TR (subida de escada com carga) e analisaremos a expressão de genes relacionados à síntese de colágeno (TGF-²1, CTGF, COL-1 e COL-3), à degradação da MECC (TIMP-1, TIMP-2, MMP-2, MMP-9, MMP-13 e MMP-14) e inflamação (TNF-±, IL- 6 e 10, IFN-³, MCP-1 e Osteopontina); quantificação da atividade enzimática das MMPs por zimografia (MMP-2 e MMP-9); western blotting para colágeno tipo I e III e morfologia do ventrículo esquerdo de ratos machos. Acreditamos que nossos resultados podem trazer importantes implicações clinicas sobre a utilização de dietas LCHF e sobre sua associação com o TR no ventrículo cardíaco.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PACHANE, BIANCA CRUZ; CAETANO NUNES, ANA CAROLINA; CATALDI, THAIS REGIANI; MICOCCI, KELLI CRISTINA; MOREIRA, BIANCA CARUSO; LABATE, CARLOS ALBERTO; SELISTRE-DE-ARAUJO, HELOISA SOBREIRO; ALTEI, WANESSA FERNANDA. Small Extracellular Vesicles from Hypoxic Triple-Negative Breast Cancer Cells Induce Oxygen-Dependent Cell Invasion. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 23, n. 20, p. 21-pg., . (21/01983-4, 17/06198-8, 19/11437-7, 19/05149-9, 19/17737-2)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.