Busca avançada
Ano de início
Entree

Modulação inflamatória da lesão periapical por agentes terapêuticos em animais estressados

Processo: 20/04574-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Marcia Carneiro Valera Garakis
Beneficiário:Ana Luisa Theodoro
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Antidepressivos   Resposta inflamatória   Agentes terapêuticos   Lesões periapicais   Agonistas adrenérgicos   Fluoxetina   Propranolol   Serotonina

Resumo

O presente estudo tem por objetivo avaliar a lesão periapical e sua progressão sobre condições de estresse crônico e avaliar a modulação infamatório com a utilização de medicamentos anti-depressivos e bloqueadores adrenérgicos. Posteriormente, baseado nos resultados obtidos da primeira etapa, será investigado uma possível via farmacológica de modulação inflamatória. Considerando o efeito positivo do uso de antidepressivos inibidores seletivos da receptação da serotonina (ISRS) na modulação da resposta inflamatória nos quadros de doença periodontal sob condições de estresse, a fluoxetina será utilizada como ISRS. Também será avaliada a associação da fluoxetina com o ²-bloqueador adrenérgico (propranolol), que mostra capacidade de inibir os efeitos colaterais possíveis diante do uso da mesma. Será utilizado modelo animal de periapicopatia e estresse crônico. A expressão dos marcadores ósseos RANKL, OPG e TRAP serão avaliados e seus dados serão analisados por meio de testes estatísticos descritivos e inferenciais, segundo sua normalidade, com testes paramétricos ou não paramétricos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)