Busca avançada
Ano de início
Entree

Ambientes comunicacionais periféricos: um estudo sobre os espaços culturais do bairro Grajaú, em São Paulo

Processo: 19/26091-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Teoria da Comunicação
Pesquisador responsável:Mauro de Souza Ventura
Beneficiário:Beatriz Carvalho de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Comunicação social   Comunicação de massa   Cultura   Espaços culturais   Periferia   São Paulo (SP)

Resumo

Este projeto de pesquisa propõe o estudo de três ambientes comunicacionais do bairro do Grajaú, na zona sul de São Paulo: Centro de artes e promoção social (CAPSartes), Universidade Livre do Grajaú (UNIGRAJA) e o Sarau do Grajaú. Em específico, iremos descrever e compreender de que forma os referidos espaços atuam como ambientes políticos e culturais e demonstrar de que maneira se desenvolve uma comunicação tridimensional (FLUSSER, 2008) visando ao estabelecimento de vínculos geradores de pertencimento. O aporte teórico desta pesquisa parte do conceito de ecologia da comunicação proposto por Romano (2004) e se desdobra nos referenciais de Cyrulnik (2007) acerca do conceito de pertencimento e do estabelecimento de vínculos (MENEZES, 2008, 2013, 2016; BAITELLO JUNIOR, 1997, 2014) nesses ambientes. Do ponto de vista metodológico, a pesquisa divide-se em duas etapas: observação e descrição dos ambientes comunicacionais selecionados e análise interpretativa dos dados coletados. Serão realizadas pesquisas empírico-descritivas e entrevistas em profundidade com os participantes desses ambientes, buscando compreender de que forma esses espaços culturais do distrito periférico mais populoso do Estado de São Paulo estimulam a geração de saberes locais e territoriais em suas reuniões, à medida que resistem nesses momentos ao processo comunicacional nulodimensional (FLUSSER, 2008). A análise interpretativa pretende comprovar a hipótese de que, embora as periferias do Grajaú sejam plurais e híbridas em sua constituição cultural, social, econômica e identitária, ainda assim há aspectos comunicacionais que unem pessoas diferentes em um mesmo propósito: a produção de vínculos geradores de pertencimento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)