Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da indução de microRNAs regulatórios por TNP dependente da ativação do receptor de hidrocarboneto arílico (AhR)

Processo: 19/27677-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunogenética
Pesquisador responsável:Monica Valdyrce dos Anjos Lopes Ferreira
Beneficiário:Geonildo Rodrigo Disner
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07467-1 - CeTICS - Centro de Toxinas, Imuno-Resposta e Sinalização Celular, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):21/08411-6 - Delineando o impacto fisiológico e tóxico do TnP na sinalização do Receptor de Hidrocarboneto Arílico (AhR) por meio de perfis morfométricos e transcriptômicos usando o modelo Zebrafish, BE.EP.PD
Assunto(s):Toxicologia   Peptídeos   MicroRNAs   Expressão gênica   Receptores de hidrocarboneto arílico   Poluentes ambientais   Peixe-zebra

Resumo

A missão da Plataforma Zebrafish do Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada - LETA do Instituto Butantan é usar toxinas como ferramentas moleculares para o estudo de mecanismos reguladores que controlam a inflamação. Na Unidade de Imunorregulação introduziu-se o estudo de peixes peçonhentos sendo descoberta uma família de toxinas Natterinas e o peptídeo inédito TnP com atividade anti-inflamatória a partir do veneno do peixe brasileiro Thalassophryne nattereri (niquim). A investigação do perfil de respostas de diversos elementos que controlam a transcrição de proteínas é um dos biomarcadores potenciais de alterações decorrentes da exposição a toxinas. Desse modo focamos nesse estudo o receptor de hidrocarboneto Arílico-AhR, que é um conhecido fator de transcrição dependente de ligante conhecido por sua resposta a poluentes ambientais. Apesar de haver muito conhecimento sobre a ação toxicológica do AhR em resposta a HPAs e PCDDs, pouco é entendido sobre o papel fisiológico de AhR, sendo que esse pode regular múltiplas vias de sinalização, desenvolvimento, homeostase imune, morte celular e inflamação, além de induzir a super-regulação de miRNAs para inibir a carcinogênese. Recentemente, o AhR emergiu como um supressor de inflamação, estresse oxidativo e apoptose através de mecanismos que podem envolver a regulação de microRNAs não codificantes. Portanto este trabalho tem como objetivo utilizar o Zebrafish como um organismo modelo para a investigação do papel do fator de transcrição AhR na regulação da expressão de miRNA em resposta ao tratamento com TnP e mecanismos celulares e moleculares adjacentes. A nossa hipótese é que TnP ativa o receptor AhR, que por sua vez sofre translocação do citosol para o núcleo. Em seguida, miRNAs podem ser produzidos levando a repressão de genes inflamatórios, sendo que a melhor compreensão dos mecanismos que regulam os eventos inflamatórios agudos podem nos levar ao desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas e/ou mais eficientes, além de contribuir no entendimento dos mecanismos moleculares subjacentes a esta possível forma de tratamento envolvendo o TnP. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIMA, CARLA; DISNER, GEONILDO RODRIGO; FALCAO, MARIA ALICE PIMENTEL; SENI-SILVA, ANA CAROLINA; MALESKI, ADOLFO LUIS ALMEIDA; SOUZA, MILENA MARCOLINO; REIS TONELLO, MAYARA CRISTINA; LOPES-FERREIRA, MONICA. The Natterin Proteins Diversity: A Review on Phylogeny, Structure, and Immune Function. TOXINS, v. 13, n. 8, . (13/07467-1, 19/27677-7, 19/02333-3)
DISNER, GEONILDO R.; FALCAO, MARIA A. P.; LIMA, CARLA; LOPES-FERREIRA, MONICA. In Silico Target Prediction of Overexpressed microRNAs from LPS-Challenged Zebrafish (Danio rerio) Treated with the Novel Anti-Inflammatory Peptide TnP. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 22, n. 13, . (13/07467-1, 19/27677-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.