Busca avançada
Ano de início
Entree

Performatividade e Agência: a dimensão psíquica da identidade

Processo: 19/23375-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia
Pesquisador responsável:Nathalie de Almeida Bressiani
Beneficiário:Michele Teixeira Bonote
Supervisor no Exterior: Amy Rebekah Allen
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa: Pennsylvania State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/19391-3 - Performatividade como crítica. Mudança Conceitual na Teoria Crítica de Judith Butler, BP.MS
Assunto(s):Psicanálise   Identidade de gênero   Performatividade de gênero   Feminismo   Crítica

Resumo

Em Problemas de Gênero (1990), Judith Butler desenvolve uma compreensão da identidade de gênero como performatividade para escapar de alguns impasses decorrentes do uso da categoria de "mulher" na teoria feminista. De acordo com essa compreensão, noções substantivas de identidade, gênero e sexo são "entidades" linguísticas construídas através da reiteração das normas de poder. Embora a performatividade seja apresentada como uma alternativa a uma concepção essencialista de identidade, ela é frequentemente criticada por suprimir a noção de sujeito, ou seja, a supressão da voz e a atuação dos sujeitos que visam transformações emancipatórias. Em 1997, Butler escreve The Psychic Life of Power, dedicado a analisar o processo de subjetivação e como isso equivale a uma incorporação de uma dimensão psíquica e interior do poder. Esta pesquisa tem como objetivo analisar como Butler entende o processo de formação de identidade nesses dois momentos, concentrando-se em suas diferenças e em como o que se desenvolve em The Psychic Life of Power pode ser visto como uma resposta às críticas recebidas. Para isso, focaremos nas diferentes leituras de Freud (e na psicanálise) feitas por Butler nos dois livros e em como elas permitem diferentes concepções de agência, subjetividade e formação de identidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)