Busca avançada
Ano de início
Entree

Arquitetura de raiz e absorção de fósforo em espécies de eucalipto contrastantes na resposta a disponibilidade de fósforo no solo

Processo: 19/03165-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Sara Adrian Lopez de Andrade
Beneficiário:Samir Bichara
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/25498-0 - Eficiência de uso de fósforo em Eucalyptus e os mecanismos fisiológicos e genéticos envolvidos, AP.TEM
Assunto(s):Nutrição mineral de plantas   Morfologia vegetal   Adaptação biológica   Absorção   Fósforo   Eucalipto

Resumo

Com o termo "eucalipto" se designa o grupo de árvores de grande porte dos gêneros Eucalyptus L'Hérit., Corymbia Hill e Johnson, e Angophora Cav, com origem em regiões da Austrália e ilhas próximas. A sua ampla distribuição lhes proporcionou diferentes estratégias de adaptação às mais diversas condições edafoclimáticas. O eucalipto é o gênero florestal mais cultivado no mundo, ocupando uma área com cerca de 18 milhões de hectares, constituindo seu cultivo importante recurso econômico no Brasil. As plantas de eucalipto demandam alta quantidade de nutrientes, principalmente de fósforo (P), nutriente que atua em diversos processos metabólicos e fisiológicos. As plantas absorvem o P do solo, onde está disponível na forma inorgânica (Pi). A baixa disponibilidade de Pi no solo possibilitou o desenvolvimento de mecanismos para adquirir Pi durante a evolução das plantas, como a capacidade de absorção e eficiência no uso interno de P, as repostas podem estar principalmente ligadas ao crescimento e mudanças na arquitetura e morfologia das raízes. As plantas desenvolveram um complexo e plástico sistema de raízes com papel fundamental na absorção de água e nutrientes, as quais são um dos componentes centrais da produtividade vegetal, no que se entende por acúmulo de biomassa. Sob baixa disponibilidade de P as plantas investem no aumento da biomassa radicular próximo ao recurso, para melhor absorção. O presente projeto tem como objetivo avaliar a arquitetura e a morfologia de raízes de cinco espécies de eucaliptos contrastantes quanto a sua resposta à disponibilidade de P no solo, em condições de baixa e suficiente disponibilidade de P, procurando entender os mecanismos morfológicos e fisiológicos que expliquem a eficiência na absorção de P. Pretende-se ainda estudar além das alterações estruturais na arquitetura da raiz, a distribuição e taxa de crescimento e a capacidade das diferentes espécies na emissão de pelos radiculares e na cinética de absorção de P em sistema hidropônico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BICHARA, SAMIR; MAZZAFERA, PAULO; DE ANDRADE, SARA ADRIAN L. Root morphological changes in response to low phosphorus concentration in eucalypt species. TREES-STRUCTURE AND FUNCTION, v. 35, n. 6, p. 1933-1943, DEC 2021. Citações Web of Science: 0.
BICHARA, SAMIR; MAZZAFERA, PAULO; DE ANDRADE, SARA ADRIAN L. Root morphological changes in response to low phosphorus concentration in eucalypt species. TREES-STRUCTURE AND FUNCTION, JUN 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.