Busca avançada
Ano de início
Entree

Preservando a privacidade no modelo baseado em blockchain para a saúde: um estudo de caso para dados multimídia

Processo: 19/19913-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Jó Ueyama
Beneficiário:Erikson Júlio de Aguiar
Supervisor no Exterior: Bhaskar Krishnamachari
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Southern California (USC), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/18187-3 - Um protocolo de confiança com múltiplos níveis de acesso: estudo de caso com blockchain em aplicações médicas, BP.MS
Assunto(s):Sistemas distribuídos   Blockchain   Atenção à saúde   Sistemas de saúde   Banco de dados multimídia   Segurança da informação   Privacidade

Resumo

A tecnologia Blockchain está crescendo atualmente devido à sua potencial aplicação em vários campos (blockchain 3.0), como o de saúde. Assim, dados gerados a partir de sistemas de saúde podem ser compartilhados a partir do blockchain, ajudando a melhorar a segurança desses sistemas. No entanto, os dados multimídia de saúde são classificados como dados confidenciais e o blockchain apenas auxilia nos aspectos de segurança, apresentando problemas relacionados à privacidade e ataques de ligação que revelam a identidade do paciente. Esta proposta investiga o modelo de privacidade diferencial, a fim de encontrar o mecanismo de privacidade mais apropriado para garantir uma melhor privacidade nos sistemas de saúde baseados em blockchain. Para permitir o desenvolvimento desta proposta, usamos o Hyperledger Fabric para construir uma rede blockchain e o modelo de privacidade será usado no núcleo das consultas associadas ao paciente. Além disso, este projeto estuda blockchain aplicado no compartilhamento de imagens médicas, devido a este tipo de dados gerar alto valor para pesquisas em saúde. Em nossa pesquisa, esperamos melhorar a privacidade da blockchain para a saúde, seguindo o regulamento da Lei de Portabilidade e Responsabilidade de Seguro Saúde (HIPAA), a partir da privacidade diferencial. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)