Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica do comportamento ingestivo em estruturas de pasto contrastantes

Processo: 19/22988-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Pastagens e Forragicultura
Pesquisador responsável:Taise Robinson Kunrath
Beneficiário:Débora Fabbri Antonio
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Assunto(s):Forragicultura   Manejo do solo   Comportamento ingestivo   Pastejo   Leguminosas forrageiras   Capim aruana   Ovinos   Delineamento experimental

Resumo

O objetivo desse trabalho será determinar a altura do pasto (estrutura ideal) onde ocorre a máxima taxa de ingestão de forragem por ovinos em pastejo em pasto consorciado de (capim) Aruana (Panicum maximum cv. Aruana) com as leguminosas forrageiras Macrotilomoa axillare, Neonotonia wiight, Calopogonium mucunoides, Stylosantes spp., mantidas sob lotação contínua. Serão quatro tratamentos de altura do dossel forrageiro (15, 30, 45 e 60 cm) em delineamento em blocos casualizados com quatro repetições (16 piquetes de 750 m² cada). As avaliações serão realizadas de janeiro a junho de 2020. Serão medidos 150 pontos de altura do pasto por unidade experimental no pré e pós-pastejo. Para determinação da massa de forragem pré e pós-pastejo serão realizados 3 cortes estratificados utilizando-se um quadro de 1 m² por UE. Nessas amostras será realizada a separação botânica e morfológica em cada estrato do pasto. Para a avaliação da taxa de ingestão serão utilizados ovinos da raça Santa Inês com aproximadamente 5 meses de idade e peso médio inicial de 25 kg. Os animais serão adaptados ao procedimento experimental e permanecerão em área da pastagem multiespécies pelo menos 40 dias antes da realização de cada medida. Antes de cada teste de pastejo, os animais serão equipados com coletores de fezes e urina, um registrador automático de movimentos mandibulares (IGER Behaviour Recorder). Para a determinação da taxa de ingestão será utilizada a técnica da dupla pesagem descrita por (Pennings & Hooper, 1985). Os resultados serão utilizados na recomendação de ações de manejo para o aumento da eficiência de sistemas integrados e conseqüente, sustentabilidade destes sistemas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)