Busca avançada
Ano de início
Entree

Padronização metabolômica de preparações de Glycyrrhiza glabra e Humulus lupulus por RMNq baseado em mecânica quântica

Processo: 19/25142-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Luiz Alberto Colnago
Beneficiário:Fernanda Maria Marins Ocampos
Supervisor no Exterior: Guido Pauli
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Illinois at Chicago (UIC), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/00504-2 - Investigação metabolômica por RMN de potenciais agroquímicos naturais de Schiekia orinocensis produzidos sob stress biótico e abiótico, BP.PD
Assunto(s):Ressonância magnética nuclear   Mecânica quântica   Metabolômica   Produtos naturais   Humulus lupulus   Glycyrrhiza

Resumo

Diferentemente de outros métodos espectroscópicos, a RMN é um método bivalente que combina simultaneamente a identificação e a quantificação de compostos. O objetivo deste projeto de estágio no exterior (BEPE) é aprender um método moderno de quantificação por RMN (qHNMR) o qual se baseia em cálculos de mecânica quântica (MQ). Essa abordagem de QM-qHNMR é complementar aos estudos metabolômicos, uma vez que este tipo amostra apresenta frequente sobreposição de sinais nos espectros RMN de 1H, dificultando a sua quantificação. Neste método, os cálculos de MQ são realizados pelos softwares PERCH e CT com base em espectros quantitativos de RMN de 1H de compostos isolados. Espectros simulados são criados e comparados aos espectros experimentais para quantificação. Dessa forma, a partir da comparação de ambos os espectros, simulados e experimentais, é possível quantificar com precisão mesmo que haja sobreposição de sinais. Este projeto tem como objetivo desenvolver um modelo QM-qHNMR baseado em espectros RMN de 1H quantitativos de 25 prenilchalconas, flavonóides e isoflavonas características das espécies Glycyrrhiza glabra e Humulus lupulus. A partir da iteração desses dados de RMN será realizada a quantificação de produtos botânicos destas espécies. Os compostos de referência e extratos de plantas necessários para a realização desta pesquisa, bem como a instrumentação e software de RMN, estão disponíveis na UIC. O projeto proposto agregará conteúdo ao projeto # 2018-00504-2, em andamento no Brasil, visto que ambos tratam de análises metabolômicas. Além disso, este programa de estágio fornecerá à candidata um treinamento sólido, avançado e incomparável na área de espectroscopia de RMN aplicada à RMN quantitativa (qNMR). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)