Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da associação da emissão de gases de efeito estufa com indicadores econômicos e de saúde no estado de São Paulo

Processo: 19/24506-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Simone Georges El Khouri Miraglia
Beneficiário:Mariana Vieira da Costa
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/26193-3 - Avaliação da associação da emissão de gases de efeito estufa com indicadores de saúde no estado de São Paulo, AP.R
Assunto(s):Gases do efeito estufa   Mudança climática   Indicadores de saúde   Consumo de energia elétrica   Qualidade do ar   Avaliação de impacto   Crescimento econômico   São Paulo

Resumo

Os impactos climáticos sobre a saúde humana representam sérios desafios para os avanços globais dos sistemas econômicos e de saúde e, provavelmente, se tornarão cada vez mais ameaçadores nos próximos anos. Este cenário de âmbito global é impulsionado pelo desenvolvimento tecnológico, pelos crescimentos econômico e populacional e por desiguais e insustentáveis padrões de consumo de recursos naturais. Alterações climáticas podem agravar pressões urbanas já existentes, principalmente em cidades de países em desenvolvimento, nas quais grande parte da população ainda é desprovida de serviços básicos de saúde. São Paulo, que é o estado mais populoso do Brasil e o maior em termos econômicos e industriais, possui elevados índices de consumo energético e de emissão de gases de efeito estufa. Por outro lado, seus municípios ainda enfrentam fragilidades, tais como a falta de acesso aos serviços públicos de saneamento e saúde e o crescimento acelerado da população em situação de vulnerabilidade social. Assim, os grandes centros urbanos sentem muito as consequências causadas pelas alterações climáticas, com efeitos que afetam diretamente a saúde da população, tais como mortalidade e morbidade, por eventos climáticos extremos, doenças respiratórias e cardiovasculares, devido às mudanças na qualidade do ar, e alterações da ecologia das doenças infecciosas. Assim, este trabalho tem como objetivo investigar relações entre as emissões de gases de efeito estufa, indicadores de saúde, crescimento econômico e consumo energético do Estado de São Paulo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)