Busca avançada
Ano de início
Entree

Fontes de distúrbios ionosféricos propagantes sobre a Cordilheira dos Andes

Processo: 19/22548-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 30 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Cristiano Max Wrasse
Beneficiário:Cosme Alexandre Oliveira Barros Figueiredo
Supervisor no Exterior: Sharon L. Vadas
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Northwest Research Associates, Boulder (NWRA), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/09066-8 - Distúrbios ionosféricos propagantes observados sobre a cordilheira dos andes utilizando mapas/keogramas de conteúdo eletrônico total perturbado, BP.PD
Assunto(s):Geofísica espacial   Ondas gravitacionais   Ionosfera   Cordilheiras   América do Sul

Resumo

Distúrbios ionosféricos propagantes (TIDs) são flutuações no plasma ionosférico, influenciados por ondas de gravidade originadas de várias fontes, por exemplo, tempestades convectivas, terremotos, orografia, aquecimento auroral, e entre outros. Na América do Sul, as fontes desses TIDs não foram investigadas profundamente e não há estudos anteriores nesta linha de pesquisa. Portanto, o projeto propõe investigar as fontes dos TIDs na Cordilheira dos Andes. Para fazer isso, usaremos a técnica de ray tracing para investigar onde esses TIDs se originam, como por exemplo, tempestades orográficas e/ou convectivas, além de analisar a propagação vertical destas ondas na atmosfera. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)