Busca avançada
Ano de início
Entree

Incorporação de nanopartículas de prata e fármaco em membranas flexíveis de poliamida 12

Processo: 19/20214-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Eduardo José Nassar
Beneficiário:Maria Gabriela Martins de Souza
Instituição Sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Tecnologia biomédica   Polímeros (materiais)   Biomateriais poliméricos   Liberação controlada de fármacos   Nanopartículas   Indometacina   Poliamidas   Espectrofotômetros   Difração por raios X   Microscópio eletrônico
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bactericída | Liberação Controlada | Manufatura Aditiva | Nanopartículas | sol-gel | Materiais

Resumo

O desenvolvimento de materiais poliméricos nanoestruturados para implementação na área biomédica se encontra em constante ascensão visando cada vez mais atender às necessidades do mercado e da comunidade como um todo. Um potencial ramo de aplicação desses biomateriais é como dispositivos de liberação de fármaco, os quais visam proporcionar a dosagem de drogas no organismo de maneira controlada e em regiões específicas, aumentando sua eficácia e segurança, tal como diminuindo possíveis efeitos adversos que o mesmo medicamento possa apresentar quando introduzidos por outras vias. É o caso, por exemplo, da Indometacina, um anti-inflamatório do tipo não esteroidal no qual apresenta alto potencial de atuar em estados dolorosos, porém se mostra maléfico ao sistema gastrointestinal quando ingeridos via oral de forma contínua. Em paralelo, a utilização de nanopartículas de prata em matrizes estáveis para exploração dos seus efeitos antimicrobianos intensificados tem recebido muita atenção nas últimas décadas. Isto se deve a sua capacidade de apresentar diferentes mecanismos de ação apenas manipulando suas propriedades como tamanho, forma e estrutura cristalográfica. Sendo assim, o projeto tem por objetivo principal a incorporação de nanopartículas de prata e do fármaco indometacina em membranas de poliamida 12 para estudo da liberação controlada do fármaco anti-inflamatório juntamente com a prevenção antimicrobiana. As membranas serão produzidas através da técnica de manufatura aditiva em parceria com o Centro de Tecnologia e Informação Renato Archer, logo após serão pré-tratadas e funcionalizadas com TEOS e APTES para melhor interação com NPs-Ag e com o fármaco. De modo a compreender a melhor faixa de concentração e tempo de adsorção do fármaco, serão realizados estudos cinéticos. Além disso, as amostras serão submetidas a testes antimicrobianos a fim de compreender sua eficiência no combate aos patógenos. Para a caracterização das membranas flexíveis, serão utilizados equipamentos como espectrofotômetro de ultravioleta-visível, infravermelho, difratômetro de raios X além de microscópio eletrônico de varredura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS DE SOUZA, MARIA GABRIELA; BATISTA, JESSICA POTOMATTI; DE FARIA, EMERSON HENRIQUE; CIUFFI, KATIA JORGE; ROCHA, LUCAS ALONSO; NASSAR, EDUARDO JOSE; LOPES DA SILVA, JORGE VICENTE; OLIVEIRA, MARCELO FERNANDES; MAIA, IZAQUE ALVES. Silver nanoparticle incorporation into flexible polyamide 12 membranes. Journal of Sol-Gel Science and Technology, v. 102, n. 1, p. 10-pg., . (19/02641-0, 19/26439-5, 15/20298-0, 19/20214-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.