Busca avançada
Ano de início
Entree

Delimitação de espécies e evolução de mosaicos no gênero Hylomyrma Forel, 1912 através da filogenômica: revelando espécies e compreendendo o surgimento de novidades morfológicas com base e materiais de coleções de museus usando elementos ultraconservados

Processo: 19/24810-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Ferreira Brandão
Beneficiário:Mônica Antunes Ulysséa
Supervisor no Exterior: Corrie Saux Moreau
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Cornell University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/11453-0 - Formigas do estado de São Paulo: estado da arte e estabelecimento de áreas prioritárias para ações de pesquisa e conservação, BP.PD
Assunto(s):Mosaic

Resumo

Hylomyrma é um gênero de formigas neotropical que inclui 31 espécies e representa um grande desafio para a sistemática. A abordagem tradicional através da taxonomia alfa e da filogenia morfológica deixou algumas perguntas sem respostas devido à existência de espécimes mosaico e complexos de espécies crípticas dentro do gênero. Deste modo, para melhor compreender a especiação, o surgimento de novidades morfológicas e a evolução do gênero Hylomyrma como um todo, estou submetendo esta proposta de pesquisa de pós-doutorado em colaboração com Dra. Corrie S. Moreau. A pesquisa será realizada na Universidade de Cornell, no Moreau Lab. Usaremos tecnologia de ponta e abordagem de sequenciamento de próxima geração para alcançar nossos objetivos. Um dos quais, tão importante quanto a sistemática Hylomyrma, é testar qual protocolo de descontaminação por fungos aplicado no material da coleção do MZUSP mantém a integridade do DNA. Esta investigação contribuirá para o meu projeto de pós-doutorado no Brasil (FAPESP 2018/11453-0), pois está inserido no contexto de um projeto temático da FAPESP denominado "Coletar, identificar, processar, difundir: o ciclo curatorial e a produção de conhecimento". Além disso, esse objetivo é especialmente relevante no cenário atual em que a destruição de habitat, a perda de espécies e o contingenciamento de verbas para a ciência tornam as coleções de museus as principais fontes de dados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)