Busca avançada
Ano de início
Entree

Biogeografia histórica e diversificação evolutiva da família de peixes Neotropicais Erythrinidae: uma perspectiva filogenômica inferida a partir de Elementos Ultraconervados (UCE's)

Processo: 19/16999-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Claudio de Oliveira
Beneficiário:Cristhian Camilo Conde Saldaña
Supervisor no Exterior: James Albert
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Louisiana at Lafayette (UL), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/09767-6 - Análise filogenômica e revisão taxonômica do gênero neotropical Hoplerythrinus (Characiformes: Erythrinidae), BP.DR
Assunto(s):Erythrinidae   Filogenia

Resumo

Os peixes de água doce neotropicais apresentam alta diversidade, e sua diversificação evolutiva está intimamente relacionada à história geomorfológica das bacias heterogêneas nas quais eles habitam. Erythrinidae é uma família amplamente distribuída de peixes de água doce neotropicais, ocorrendo em habitats lênticos e lóticos na maioria das drenagens da América Central e do Sul, desde Costa Rica até Argentina. Três gêneros são reconhecidos atualmente na família: Erythrinus, Hoplerythrinus e Hoplias, que incluem espécies com ampla distribuição e representam um grupo interessante para estudos evolutivos. Hoplias é distribuída na maioria das bacias hidrológicas na região trans e cisandina, e atualmente consiste de 14 espécies válidas, enquanto que Erythrinus e Hoplerythrinus possuem apenas distribuição cisandina, apresentando uma aparente menor diversidade, com duas e três espécies válidas, respectivamente. A diversidade e os padrões de distribuição geográfica, bem como os aspectos ecológicos de Erythrinidae, geram questões interessantes com relação à diversificação evolutiva de suas linhagens, como: Quais fatores promoveram ou restringiram a diversificação dentro de Erythrinidae? Como o padrão de diversidade dentro de cada gênero está relacionado ao processo de dispersão das linhagens? Como é a diversificação evolutiva relacionada à atual distribuição trans e cisandina de Hoplias e à distribuição cisandina restrita de Erythrinus e Hoplerythrinus?. Até o momento, nenhum estudo examinou a história evolutiva de Erythrinidae usando uma amostragem geográfica e taxonômica densa, bem como dados genômicos. Aqui, nós propomos examinar a história evolutiva de Erythrinidae usando dados filogenômicos do sequenciamento de alto rendimento de elementos ultraconservados (UCEs). Especificamente, pretendemos investigar e estimar as datas de sua diversificação, reconstruir distribuições geográficas ancestrais e correlacionar padrões biogeográficos com eventos geomorfológicos e evolução da paisagem na região Neotropical.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIMA, F. C. T.; CAIRES, R. A.; CONDE-SALDANA, C. C.; MIRANDE, J. M.; CARVALHO, F. R. A new miniature Pristella (Actinopterygii: Characiformes: Characidae) with reversed sexual dimorphism from the rio Tocantins and rio Sao Francisco basins, Brazil. CANADIAN JOURNAL OF ZOOLOGY, v. 99, n. 5, p. 339-348, MAY 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.