Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação do tropismo e patogenicidade da variante gama versus SARS Cov-2 original em camundongos K18-ACE2 humanizado: papel da microbiota intestinal

Processo: 19/14342-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Marco Aurélio Ramirez Vinolo
Beneficiário:Patrícia Brito Rodrigues
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/15313-8 - Análise dos mecanismos moleculares envolvidos na interação de metabólitos da microbiota e células do hospedeiro durante a inflamação, AP.JP2
Bolsa(s) vinculada(s):22/02058-5 - Aspectos clínicos e interações hospedeiro-microbiota em infecção com variantes do SARS-CoV-2 em hamsters, BE.EP.DR
Assunto(s):Inflamação   Doenças inflamatórias intestinais   Tropismo viral   Microbioma gastrointestinal   Células epiteliais   Inulina   Butiratos   SARS-CoV-2   Betacoronavirus   COVID-19   RNA ribossômico 16S   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:butirato | Covid-19 | fibra alimentar | Microbiota | SARS CoV-2 | variante P | 1 | Inflamação

Resumo

Sintomas gastrointestinais durante a COVID-19 têm sido associados a um pior prognóstico. A infecção pela variante P.1 apresenta maior taxa de mortalidade comparado à infecção causada pelo vírus ancestral. Entretanto, a influência dos distúrbios gastrointestinais, como a disbiose da microbiota intestinal na fisiopatogênese da COVID-19, principalmente com relação a variante P.1 permanece desconhecida. O objetivo deste trabalho será comparar os efeitos na composição da microbiota intestinal durante infecção pela variante gama (P.1.) versus à infecção por SARS CoV-2 ancestral (B.1), além de verificar os efeitos da modulação da microbiota intestinal via ingestão de inulina ou butirato no perfil de resposta imunológica durante infecção por SARS CoV-2. Camundongos K18-hACE2 serão infectados com SARS CoV-2 ancestral (B.1) ou com a variante P.1, avaliados clinicamente por 5 dias, e então eutanasiados para coleta dos materiais biológicos ou mantidos por 10 dias para análise de taxa de sobrevivência. A carga viral será mensurada por qRT-PCR no pulmão, coração, duodeno, cólon, baço e sangue total. Parâmetros inflamatórios serão verificados por quantificação por ELISA das citocinas TNF-±, IL-6, IL-1², IL-17, CXCL1 (KC), CXCL-2 e IFN-². Além disso, transcritos de vias de apoptose ( BCL-2 e BAX), de resposta anti-viral (IFN-³, IFN-², IFN-», OAS1 e ISG15) e inflamatória (CXCL11, CXCL10, TNF-±, IL-6, IL-1², IL-17, IL-22, RANK-1) serão avaliados por qRT-PCR no pulmão e em células epiteliais intestinais isoladas. Para análise da composição da microbiota será realizado sequenciamento do RNA ribossômico 16S do conteúdo luminal colônico. Todos os parâmetros avaliados serão repetidos em modelos experimentais de depleção da microbiota por uso de antibióticos na água de beber, além de modelos de tratamento com dieta suplementada com 5% de inulina ou tratamento via ingestão hídrica com 150 mM de butirato. Desta forma, o trabalho busca contribuir com informações sobre a patogênese da infecção causada pela variante P.1 principalmente com relação as questões intestinais e de microbiota, visto a importância destes na gravidade da doença. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PASCOAL, LIVIA BITENCOURT; RODRIGUES, PATRICIA BRITO; GENARO, LIVIA MOREIRA; DOS SANTOS PEREIRA GOMES, ARILSON BERNARDO; TOLEDO-TEIXEIRA, DANIEL AUGUSTO; PARISE, PIERINA LORENCINI; BISPO-DOS-SANTOS, KARINA; SIMEONI, CAMILA LOPES; GUIMARAES, PAULA VERI; BUSCARATTI, LUCAS ILDEFONSO; et al. Microbiota-derived short-chain fatty acids do not interfere with SARS-CoV-2 infection of human colonic samples. GUT MICROBES, v. 13, n. 1, p. 1-9, . (20/04558-0, 20/04583-4, 20/02448-2, 20/02312-3, 19/14342-7, 20/04746-0, 17/26908-0, 20/04579-7, 20/04919-2, 19/06372-3, 13/07607-8, 20/02159-0)
RODRIGUES, PATRICIA BRITO; DOS SANTOS PEREIRA GOMES, ARILSON BERNARDO; GENARO, LIVIA MOREIRA; PASCOAL, LIVIA BITENCOURT; DUARTE DE SOUZA, ANA PAULA; LEAL, RAQUEL FRANCO; RAMIREZ VINOLO, MARCO AURELIO; GUEST, PC. Intestinal Microbiota in the SARS-CoV-2 Infection: What Is Known?. IDENTIFCATION OF BIOMARKERS, NEW TREATMENTS, AND VACCINES FOR COVID-19, v. 1327, p. 14-pg., . (20/02312-3, 20/04583-4, 19/14342-7)
FACHI, JOSE LUIS; SECCA, CRISTIANE; RODRIGUES, PATRICIA BRITO; PINHEIRO DE MATO, FELIPE CEZAR; DI LUCCIA, BLANDA; FELIPE, JAQUELINE DE SOUZA; PRAL, LAIS PASSARIELLO; RUNGUE, MARCELLA; ROCHA, VICTOR DE MELO; SATO, FABIO TAKEO; et al. Acetate coordinates neutrophil and ILC3 responses against C. difficile through FFAR2. JOURNAL OF EXPERIMENTAL MEDICINE, v. 217, n. 3, . (17/06577-9, 19/14342-7, 12/10653-9, 18/02208-1, 17/16280-3)
FERNANDES, MARIANE FONT; DE OLIVEIRA, SARAH; PORTOVEDO, MARIANA; RODRIGUES, PATRICIA BRITO; RAMIREZ VINOLO, MARCO AURELIO; GUEST, PC. Effect of Short Chain Fatty Acids on Age-Related Disorders. REVIEWS ON NEW DRUG TARGETS IN AGE-RELATED DISORDERS, v. 1260, p. 21-pg., . (19/11662-0, 19/14342-7)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RODRIGUES, Patrícia Brito. Papel da microbiota intestinal na infecção por SARS-CoV-2. 2023. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia Campinas, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.