Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do tempo de residência da água e da disponibilidade de luz na retenção de nutrientes e metabolismo aquático: abordagem experimental em riachos artificiais

Processo: 19/17712-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Davi Gasparini Fernandes Cunha
Beneficiário:Wesley Aparecido Saltarelli
Supervisor no Exterior: Sergi Sabater Cortes
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Institut Català de Recerca de l'Aigua (ICRA), Espanha  
Vinculado à bolsa:17/18519-3 - Medidas estruturais e não estruturais para recuperação de riachos tropicais: efeitos sobre o metabolismo aquático e a retenção de macronutrientes, BP.DR
Assunto(s):Riachos   Bentos   Restauração ecológica   Serviços ambientais   Conservação dos recursos naturais

Resumo

A preservação de riachos é fundamental para garantir diversos benefícios diretos e indiretos oferecidos pelos seres humanos, denominados de serviços ecossistêmicos. Diversas técnicas para a recuperação desses ambientes altamente impactados por humanos estão sendo usadas. O entendimento dos efeitos desses impactos nos indicadores de funcionamento do ecossistema aquático, como metabolismo e retenção de nutrientes, é fundamental para orientar metodologias e estratégias para a restauração de riachos. Este projeto tem como objetivo investigar os efeitos de manipulações experimentais de disponibilidade de luz e tempo de residência da água nos processos ecossistêmicos, com foco em dois indicadores funcionais (e.g., metabolismo aquático e retenção de nutrientes). Uma série de riachos artificiais será usada nos experimentos, no Instituto Catalão para Pesquisa da Água (ICRA), (Girona, Espanha). A partir das manipulações experimentais de disponibilidade de luz e tempo de residência da água, serão avaliados os seguintes indicadores funcionais: capacidade de retenção do fosfato solúvel reativo e absorção de amônio, seu acúmulo de biomassa e o metabolismo da comunidade bentônica (produção primária bruta e ecossistema respiração). Através do uso dos riachos artificiais no ICRA e sua ampla experiência na área, será possível avaliar a resposta destes indicadores à disponibilidade de luz e tempo de residência da água, contribuindo para a melhoria das técnicas de recuperação, visando que a retenção de nutrientes seja maximizada e o metabolismo mantido próximo a condições naturais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)