Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da conectividade hidrológica sobre a pesca nos lagos de várzea na Amazônia

Processo: 19/15550-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: Belmont Forum
Pesquisador responsável:Evlyn Márcia Leão de Moraes Novo
Beneficiário:Carolina Tavares de Freitas
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/12083-1 - Equilibrando a conservação da biodiversidade com o desenvolvimento nas áreas alagáveis amazônicas, AP.R
Assunto(s):Ecologia   Mudança climática   Produção pesqueira   Pesca   Lagos   Várzeas   Mudanças globais   Amazônia

Resumo

As planícies de inundação dos rios amazônicos são áreas de grande importância tanto em termos ecológicos quanto socioeconômicos. Essas regiões vêm sofrendo grandes ameaças à sua integridade, as quais envolvem desde a construção de barragens para implementação de hidroelétricas até o impacto de eventos extremos associados a mudanças climáticas. Tais ameaças afetam não apenas o ambiente em si, e a biodiversidade associada a ele, mas também a segurança alimentar e financeira de milhares de pessoas que vivem nessas áreas e dependem dos recursos existentes ali. Neste contexto, se destacam as atividades pesqueiras, que são a base da subsistência e economia local e sofrem impactos diretos de mudanças ocorridas nessas regiões. Apesar de os sinais de degradação serem cada vez mais intensos, e suas consequências graves, até o momento pouca atenção tem sido dada a esses ambientes críticos. Neste sentido, o presente projeto tem por objetivo avaliar como a conectividade hidrológica afeta a produtividade pesqueira dos lagos de várzea, nas condições atuais e em cenários de mudanças globais. Para tanto, coletaremos dados de pesca e de habitat em campo, e utilizaremos métodos avançados de análise estatística para modelar a quantidade de peixe de diferentes espécies capturadas pelos pescadores nos corpos d'água em função dos respectivos níveis de conectividade hidrológica e dos dados de vegetação, relevo, níveis de água, profundidade e área dos corpos d'água, dentre outras variáveis. Utilizaremos, ainda, produtos derivados de modelagem hidroclimática, produzidos por colaboradores do projeto, para avaliar o efeito de mudanças climáticas sobre a conectividade dos lagos e a pesca. A partir desse estudo, esperamos expandir enormemente as informações disponíveis para a tomada de decisões relativas à manutenção da vasta biodiversidade e extensos serviços ecossistêmicos fornecidos pelas planícies de inundação da Amazônia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)