Busca avançada
Ano de início
Entree

Aprimoramento da atividade antimicrobiana de nanodiamantes por funcionalização de superfície

Processo: 19/09737-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Dayane Batista Tada
Beneficiário:Rafaela Campos Queiroz
Instituição Sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Nanopartículas   Nanodiamantes   Anti-infecciosos   Diamante
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Antimicrobiano | diamante | nanodiamantes | Nanopartículas

Resumo

Os nanodiamantes (NDs) são materiais úteis em diversas áreas tais como eletrônica, óptica e biomédica. Dentre suas características de destaque encontram-se: alta condutividade térmica, fluorescência, biocompatibilidade, estabilidade química e resistividade elétrica. Diversos estudos comprovaram também a alta atividade antimicrobiana desses nanomateriais mas ressaltaram a dependência dessa propriedade em relação à química de superfície. Assim diversos métodos têm sido investigados para adição e/ou modificação dos grupos funcionais contidos na superfície dos NDs. O presente projeto visa a obtenção de NDs funcionalizados com grupos superficiais oxidados tanto para intensificar a atividade antimicrobiana de NDs quanto para possibilitar modificações químicas subsequentes. Para definir o método mais adequado de funcionalização, inicialmente serão realizadas caracterizações do material de partida que será o pó de diamante CVD. Essas caracterizações serão realizadas pelas técnicas de DRX, RAMAN e FTIR. A primeira funcionalização será realizada por plasma de hidrogênio para aumentar o grau de hidrogenação da superfície e permitir a subsequente acidificação, visando obter grupos carboxila. As amostras de NDs hidrogenados serão submetidas às funcionalizações fotoquímicas utilizando ácidos carboxílicos insaturados submetidos a luz UV. Por fim, será avaliada a atividade antimicrobiana das amostras obtidas, frente a bactérias S. aureus e E. coli e ao fungo C. albicans.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HURTADO, CAROLINA RAMOS; HURTADO, GABRIELA RAMOS; DE CENA, GABRIELLE LUPETI; QUEIROZ, RAFAELA CAMPOS; SILVA, ALEXANDRE VIEIRA; DINIZ, MILTON FARIA; DOS SANTOS, VERONICA RIBEIRO; TRAVA-AIROLDI, VLADIMIR; BAPTISTA, MAURICIO DA SILVA; TSOLEKILE, NCEDIWE; et al. Diamond Nanoparticles-Porphyrin mTHPP Conjugate as Photosensitizing Platform: Cytotoxicity and Antibacterial Activity. NANOMATERIALS, v. 11, n. 6, . (19/09737-2, 19/20111-8, 17/01697-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.