Busca avançada
Ano de início
Entree

Assentamentos e patrimônio rural: estudo de caso do assentamento primavera Presidente Venceslau - SP

Processo: 19/09414-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Pesquisador responsável:Luís Antonio Barone
Beneficiário:Dambrenio Odacir Boró
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Patrimônio cultural   Reforma agrária   Memória   Paisagem   Assentamento rural   Relatos de casos   Presidente Venceslau (SP)

Resumo

O patrimônio e a memória são pilares do conceito de identidade e pertencimento dos indivíduos, seja em relação à nação ou aos locais de ocupação. Esses espaços, em geral, são criados com base em uma narrativa excludente, onde os vencedores (no caso as classes que detêm o poder) submetem os vencidos (as classes que não detêm poder) e os locais criados pela e para a elite são reconhecidos como elementos merecedores de salvaguarda oficial. Mas, não é esse ponto de vista que será debatido nessa pesquisa; essa pesquisa busca compreender e entender o patrimônio incorporando pelas classes que não detêm poder, a da luta pela terra ocorrida em uma Fazenda e posteriormente transformada em Assentamento de Reforma Agrária. Os atores sociais ali envolvidos apropriam-se de estruturas e edificações já existentes e alteram e acrescentam usos. Todo esse processo ocorre num rico pano de fundo da região denominada usualmente como Pontal do Paranapanema, no oeste paulista, palco de intensos conflitos de luta pela terra.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)