Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de três diferentes sessões de treinamento anaeróbio sobre respostas fisiológicas, mecânicas, neuromusculares e o desempenho em provas de velocidade na natação

Processo: 19/06184-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Marcelo Papoti
Beneficiário:Felipe Alves Ribeiro
Instituição Sede: Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia do exercício   Adaptação fisiológica   Velocidade   Fadiga   Acidose   Lactatos   Intolerância à lactose
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Acidose Metabólica | fadiga | Produção de lactato | Tolerância ao lactato | Fisiologia do Exercício

Resumo

Modelos de treinamento anaeróbio em natação tem por finalidade promover adaptações fisiológicas específicas que favoreçam a melhora do desempenho em provas de velocidade. No entanto, caracterizados por esforços máximos repetidos, os nadadores comumente são submetidos a um quadro de acidose metabólica, de modo que uma piora da mecânica de nado durante as sessões seja frequentemente observada. Apesar de ser fundamental para elaboração das sessões de treinamento, a literatura ainda é carente em relação às informações que fundamentam a tomada de decisão a respeito de qual variável o treinamento deve ser priorizada, uma vez que o acúmulo de lactato e os parâmetros mecânicos podem ser influenciados pelo volume destes esforços. O objetivo do projeto de pesquisa é investigar os efeitos de três diferentes sessões de treinamento anaeróbio sobre as respostas fisiológicas, mecânicas, neuromusculares e o desempenho de 50m e 100m nado crawl. Trinta nadadores serão divididos randomicamente em três grupos, cada grupo será submetido à sessões de treinamento contendo 5 esforços máximos de 100m (G5x100), 10 esforços máximos de 50m (G10x50) e 20 esforços máximos de 25m (G20x25) em nado crawl, com respectivos intervalos de 300, 180 e 90s. Será avaliado antes e após o treinamento o desempenho e parâmetros mecânicos de 50m e 100m nado crawl, acompanhado da avaliação da participação metabólica e da investigação das respostas da fadiga neuromuscular por meio de eletroestimulações periféricas no nervo femoral (i.e., Twitch Interpolation). O efeito do treinamento será investigado por meio de análise de variância (ANOVA Test). Importante salientar que o resultados obtidos contribuirão para o maior entendimento da estruturação do treinamento anaeróbio para nadadores velocistas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RIBEIRO, Felipe Alves. Efeitos do treinamento e polimento sobre o perfil neuromuscular e energético da prova de 100 metros livre na natação. 2022. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.