Busca avançada
Ano de início
Entree

Bactérias promotoras do crescimento vegetal no desenvolvimento de Urochloa híbrida cv Mavuno

Processo: 19/03313-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Pastagens e Forragicultura
Pesquisador responsável:Cecilio Viega Soares Filho
Beneficiário:Isadora Mandolesi Valvano
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Nutrição animal   Produção animal   Pastagem cultivada   Crescimento vegetal   Fertilizantes nitrogenados   Rhizobium tropici   Pseudomonas   Delineamento experimental

Resumo

O uso de estratégias alternativas que promovam melhorias na produção animal, especialmente manejos que associam sustentabilidade com rentabilidade, deve-se dar prioridade. Assim, o uso de bactérias promotoras de crescimento (BPC) e fixadoras de nitrogênio em gramíneas forrageiras pode ser uma alternativa importante de manejo nos dias atuais para a melhoria na produção da pastagem e, consequentemente, a produção animal. A hipótese de trabalho é que com o uso de BPC poderemos reduzir a adubação mineral nitrogenada e mitigar os efeitos dos gases efeitos estufa. Assim, o trabalho tem como objetivo avaliar as características produtivas, perfilhamento, valor nutritivo, massa de raízes, índice relativo, clorofila (SPAD) teor e acumulo de nitrogênio total em Urochloa híbrida cv Mavuno inoculada com BPC de plantas e adubação nitrogenada. O experimento será desenvolvido em parcelas em delineamento em bloco ao acaso, com quatros repetições, num esquema fatorial 3x3. Serão testadas três bactérias associadas ou não com adubação nitrogenada (25 e 50 kg ha-1 N), em parcelas de 9 m², totalizando 9 tratamentos. As BPC serão aplicadas a semente, distribuídas no solo no plantio. A avaliação das forrageiras será realizada por meio da determinação da produção de massa de forragem, composição morfológica, densidade populacional de perfilhos, valor nutricional e sua razão folha/colmo. O trabalho deve permitir a recomendação e formulação de uma nova tecnologia para a produção sustentável de pastagem.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)