Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da potencialidade da espectrometria de emissão óptica com plasma induzido por laser (LIBS) em análises de polpa de açaí

Processo: 19/01149-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Cassiana Seimi Nomura
Beneficiário:Alina Borba da Cunha
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Métodos analíticos de preparação de amostras   Alimentos   Açaí   Polpa (fruto)   Espectroscopia de emissão óptica com plasma induzido por laser
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Alimentos | emissão atômica | Preparo de amostras | emissão atômica

Resumo

A espectrometria de emissão óptica com plasma induzido por laser (LIBS) tem se tornado uma técnica muito atrativa e bastante explorada em análise química. Apesar das vantagens, a análise quantitativa não é uma tarefa fácil e tem sido considerada o "calcanhar de Aquiles" da técnica. Esse fato está relacionado à natureza complexa da interação laser-amostra que causa uma forte interferência de matriz. Uma forma de minimizar esse problema é realizar a otimização instrumental e empregar procedimentos de calibração adequados. Pesquisadas voltadas às aplicações de LIBS em análises de amostras complexas estão em franco crescimento, mas ainda não há nada na literatura com relação às amostras de polpa de açaí que é o objeto de estudo desse projeto. O Brasil é o maior produtor, consumidor e exportador da polpa de açaí, um dos principais produtos florestais não madeireiros do país. O açaí mantém há anos sua popularidade e alta rentabilidade econômica no Brasil e é responsável pela geração de 25 mil empregos diretos, e mais de R$40 milhões em receitas, anualmente. O comércio da polpa de açaí já atingiu potências do exterior como Estados Unidos, Japão e China, e a expectativa é que continue a expandir. A garantia da qualidade desse produto depende do conhecimento de sua composição química e bioquímica, para que seja possível garantir o comércio de um produto seguro, e livre de adulterações. Assim sendo, o presente projeto visa avaliar a potencialidade da técnica de LIBS na análise de polpas de açaí. Pretende-se avaliar a influência dos parâmetros instrumentais e das amostras sobre a qualidade dos resultados analíticos, assim como avaliar estratégias de calibração que viabilizem a análise quantitativa por essa técnica. Esse trabalho faz parte de um projeto em colaboração com a Profa. Dra. Monica Felipe Sotelo e Prof. Dr. Neil Ward, ambos da University of Surrey (UoS, Guildford, Surrey, UK), com quem temos colaboração desde agosto de 2017 quando tivemos o projeto UGPN 2017 (Association of total mineral content and metal speciation with the healing properties of berries - 01/08/2017 - 31/07/2018) aprovado.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)