Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de método analítico visando atender aos princípios de química verde para determinação de Vancomicina e Meropenem em plasma humano por CLAE-DAD

Processo: 18/08173-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Daniel Rinaldo
Beneficiário:Isabela Pereira Ferraz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Química verde   Meropeném   Vancomicina   Plasma (líquidos corporais)   Cromatografia líquida de alta eficiência

Resumo

A sepse é a maior causa de lesão renal aguda (LRA) com necessidade de suporte dialítico em pacientes admitidos em unidade de terapia intensiva (UTI) e sua ocorrência além do significativo impacto na morbidade, representa fator de risco independente para o óbito, sendo a intervenção precoce essencial para a redução da mortalidade. O controle da infecção no ambiente de terapia intensiva por patógenos hospitalares frequentemente inclui a utilização de vancomicina e meropenem. Ressalta-se que profundas alterações ocorrem na farmacocinética dos antimicrobianos prescritos aos pacientes críticos e que os diferentes métodos dialíticos podem removê-los parcial ou totalmente, uma vez que a farmacocinética desses agentes é imprevisível nessas condições clínicas. Uma das técnicas analíticas mais utilizadas para a determinação desses medicamentos em plasma humano é a CLAE (Cromatografia Líquida de Alta Eficiência). Porém, grandes quantidades de solventes tóxicos são utilizadas por essa técnica de separação, estimando-se que seja gerado cerca de 34 milhões de litros de efluente contaminados por ano, mundialmente. É nesse contexto que existe a necessidade de aplicação de práticas com princípios éticos (em outras palavras, com respeito ao meio-ambiente), na qual a chamada Química Verde se destaca. A aplicação dos conceitos de Química Verde em técnicas analíticas de separação é um grande desafio, principalmente no que se refere a substituição de solventes como acetonitrila (MeCN) e metanol (MeOH), os mais utilizados na CLAE-DAD como fase móvel por suas características como: seletividade, baixa viscosidade e baixa absorção na região do UV. Portanto, esse projeto tem como objetivo desenvolver uma metodologia de análise, por CLAE-DAD, para determinar Vancomicina e Meropenem em plasma humano, visando a diminuição ou eliminação da produção de resíduos tóxicos aplicando os conceitos de Química Verde.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)