Busca avançada
Ano de início
Entree

Treinamento auditivo em indivíduos com zumbido

Processo: 18/16349-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Fernanda Capoani Garcia Mondelli
Beneficiário:Maria Carolina Ferreira
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Percepção da fala   Estimulação acústica   Perda auditiva   Audiologia   Zumbido
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Estimulação Acústica | Percepção da fala | perda auditiva | zumbido | Audiologia

Resumo

Introdução: O zumbido é um sintoma que consiste na percepção de um som na cabeça ou nas orelhas sem uma fonte geradora externa, afetando a qualidade de vida (sono, sociabilidade, ansiedade, estresse). A etiologia do zumbido pode ser caracterizada como multifatorial, decorrente de alterações metabólicas, traumas acústicos, doenças crônicas, uso de medicamentos, perda auditiva, entre outros. O tratamento pode ser feito por meio de aconselhamento, uso de Aparelho Auditivo de Amplificação Sonora Individual (AASI), gerador de som (GS), Tinnitus Retraining Therapy (TRT) e outros. Os indivíduos com queixa de zumbido podem ter a percepção da fala afetada e por consequência pode ocorrer a redução da sua sociabilidade. Em meio as intervenções fonoaudiológicas para o zumbido, o treinamento auditivo é um possível aliado na estimulação das habilidades auditivas. Objetivo: Avaliar o treinamento auditivo como meio de intervenção para indivíduos com queixa de zumbido. Métodos: Serão selecionados adultos com queixa de zumbido associada ou não à perda auditiva sensorioneural bilateral, de grau leve à moderado. Serão aplicados o Tinnitus Handicap Inventory (THI), a Escala Visual Analógica (EVA), a Lista de Sentenças para o Português Brasileiro (LS-BR) e, serão realizados o Nível Mínimo de Mascaramento (NMM), audiometria de altas frequências (AAF), acufenometria e treinamento auditivo (TA) em todos os pacientes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, MARIA CAROLINA; DE MATOS, IZABELLA LIMA; DE TOLEDO, ISABELA PORTO; HONORIO, HEITOR MARQUES; CAPOANI GARCIA MONDELLI, MARIA FERNANDA. Effects of Low-Level Laser Therapy as a Therapeutic Strategy for Patients With Tinnitus: A Systematic Review. JOURNAL OF SPEECH LANGUAGE AND HEARING RESEARCH, v. 64, n. 1, p. 279-298, . (18/16349-6)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERREIRA, Maria Carolina. Utilização do treinamento auditivo como intervenção para indivíduos com zumbido. 2020. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB/SDB) Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.