Busca avançada
Ano de início
Entree

SISTEMAS CROMOSSÔMICOS HETEROMÓRFICOS E ESTRUTURA GENÔMICA RELACIONADA À DETERMINAÇÃO DO SEXO EM PEIXES UTILIZANDO Megaleporinus macrocephalus COMO MODELO

Processo: 17/11661-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 18 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Fausto Foresti
Beneficiário:Ricardo Utsunomia
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Citogenética   Sequências repetitivas de ácido nucleico

Resumo

Os mecanismos responsáveis pela determinação genética do sexo (SD) em vertebrados são diversificados e distintos. Em mamíferos, o gene SRY presente no cromossomo Y é o principal responsável pelo desenvolvimento dos processos relacionados à diversificação sexual, enquanto em aves, o gene DMRT1 é quem se apresenta como o fator de SD, mas, ao contrário do esperado, está localizado no cromossomo Z e não no elemento heteromórfico W. Em peixes, pelo menos cinco genes master já foram identificados como responsáveis pelo desencadeamento deste processo em cinco distintas espécies tidas como modelos. Além disso, múltiplas regiões distribuídas nos cromossomos do complemento normal também podem ser responsáveis pela SD em algumas espécies deste grupo de organismos. Pode ser considerado que em apenas 6% das espécies de peixes Neotropicais estudadas até o presente tem sido caracterizada a presença de cromossomos heteromórficos ligados ao sexo e pouco se sabe sobre a existência de genes ou regiões responsáveis pela determinação do sexo nos componentes deste grupo. Neste sentido, a espécie Megaleporinus macrocephalus (piauçu) se apresenta como um modelo para estudos de SD, uma vez que apresenta um notável sistema de heteromorfismo cromossômico ligado ao sexo do tipo ZW e seu manejo em laboratório, no que se refere a aspectos de manutenção e reprodução, é perfeitamente viável e rotineiro; ressalte-se ainda seu importante valor econômico em programas de piscicultura. Assim, os objetivos do presente projeto envolvem a identificação e caracterização massiva de marcadores moleculares para a construção de um mapa genético de alta densidade para o piauçu, que estabelecerá as bases necessárias para análises de associação de genótipos com fenótipos, considerando-se, neste caso o processo de determinação do sexo, permitindo o mapeamento de loci responsáveis por tais características. Desta forma, as atividades envolverão a investigação dos fatores genéticos responsáveis pela SD em M. macrocephalus como forma de ampliar a compreensão dos mecanismos envolvidos na origem, evolução e estrutura funcional no processo de determinação de sexo neste grupo de organismos e também sobre o papel dos heteromorfismos cromossômicos ligados ao sexo em peixes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
UTSUNOMIA, RICARDO; ZERBINATO DE ANDRADE SILVA, DUILIO MAZZONI; RUIZ-RUANO, FRANCISCO J.; GOMES GOES, CAIO AUGUSTO; MELO, SILVANA; ERES RAMOS, LUCAS P.; OLIVEIRA, CLAUDIO; PORTO-FORESTI, FABIO; FORESTI, FAUSTO; ERUO HASHIMOTO, DIOGO T.. Satellitome landscape analysis of Megaleporinus macrocephalus (Teleostei, Anostomidae) reveals intense accumulation of satellite sequences on the heteromorphic sex chromosome. SCIENTIFIC REPORTS, v. 9, . (14/26508-3, 17/11661-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.