Busca avançada
Ano de início
Entree

Estressando as vias aéreas: plasticidade neuronal na inflamação pulmonar alérgica

Processo: 18/18762-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 07 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 16 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Carolina Demarchi Munhoz
Beneficiário:Guilherme Dragunas
Supervisor: Reinoud Gosens
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Groningen, Holanda  
Vinculado à bolsa:17/16549-2 - Estressando as vias aéreas: plasticidade neuronal na inflamação pulmonar alérgica, BP.DD
Assunto(s):Asma   Pneumonia   Doenças inflamatórias   Estresse psicológico   Sistemas de saúde   Plasticidade neuronal
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Asma | estresse psicológico | inflamação pulmonar | Neuroplasticidade | Neuroendocrinofarmacologia

Resumo

Asma, uma doença inflamatória crônica que afeta as vias aéreas, representa um custo importante para os sistemas de saúde pública em todo o mundo. Diversas linhas de evidência, incluindo dados do nosso grupo, mostram que a rede neuronal das vias aéreas na asma é alterada e contribui para a hiperresponsividade e inflamação. Essa plasticidade pode, portanto, representar um potencial alvo terapêutico de novos fármacos. Durante muito tempo sabe-se que o estresse psicológico pode levar a exacerbações da asma. O estresse pode ser classicamente definido como uma ameaça real ou potencial à homeostase de um indivíduo, gerando respostas fisiológicas evolutivamente conservadas que o ajudarão a lidar e se adaptar com sucesso. Estudos na literatura estão amplamente de acordo que o estresse induz alterações neuroplásticas e alguns sugerem que isso também pode acontecer em condições como a asma, no entanto, o conhecimento sobre essa relação ainda é escasso.Nós, portanto, propomos este projeto BEPE como uma oportunidade para melhor 1) compreender a importância da neuroplasticidade na asma; 2) estudar como o estresse modula essa relação. No laboratório do Prof. Dr. Reinoud Gosens, um dos principais pesquisadores em doenças inflamatórias pulmonares, acreditamos que é possível realizá-las. Para isso, utilizaremos três abordagens: 1) in vitro usando neurônios colinérgicos; 2) ex-vivo usando fatias de pulmão e; 3) in vivo, usando um modelo animal de estresse e inflamação alérgica crônica. Os resultados ajudarão a entender melhor como o estresse afeta os neurônios das vias aéreas na asma e propor novos tratamentos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DRAGUNAS, GUILHERME; WOEST, MANON E.; NIJBOER, SUSAN; BOS, SOPHIE T.; VAN ASSELT, JANET; DE GROOT, ANNE P.; VOHLIDALOVA, EVA; VERMEULEN, CORNEEL J.; DITZ, BENEDIKT; VONK, JUDITH M.; et al. Cholinergic neuroplasticity in asthma driven by TrkB signaling. FASEB JOURNAL, v. 34, n. 6, p. 7703-7717, . (18/18762-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.