Busca avançada
Ano de início
Entree

Habitações de madeira: investigação do cross laminated Timber como alternativa para o morar sustentável no Brasil

Processo: 18/14394-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Akemi Ino
Beneficiário:Tatiana de Oliveira Chiletto
Instituição-sede: Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Sustentabilidade

Resumo

Como consequência às discussões internacionais dos impactos ambientais gerados pela construção civil, observa-se uma tendência de aceleração da inovação em materiais, produtos e técnicas da construção voltadas para a sustentabilidade. Neste mercado brasileiro, fortemente tradicional e voltado para o uso da alvenaria e do concreto, busca-se ampliar o debate nacional apresentando a madeira como forte solução para a construção civil, pois alinha-se como alternativa construtiva de baixo carbono contribuindo para o aprimoramento da construção civil brasileira, que hoje ainda o comprometimento deste setor em relação à redução das emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) é muito pouco e acompanhado de significativa geração de resíduos em seu processo. Desta forma, esta pesquisa tem como objetivo analisar a tecnologia Cross Laminated Timber (CLT), sistema este que se encontra em franca difusão no hemisfério norte por ser um aliado das políticas ambientais mundiais para o setor da construção, para identificar potencialidades e limitações na construção habitacional brasileira. A pesquisa se divide em duas fases: a primeira compondo o arcabouço teórico necessário para o desenvolvimento de uma ferramenta analítica, ensaiando pontos e articulações indispensáveis para o debate da sustentabilidade a nível internacional; a segunda aplicação desta ferramenta servirá para qualificar e avaliar as potencialidades e limites do desempenho do CLT no contexto atual brasileiro. A conclusão deste trabalho visa ampliar o debate da construção civil brasileira na utilização de tecnologias construtivas de baixo carbono, que envolve: baixo consumo de energia; indução de novas modalidades de uso do solo; redução de geração de resíduos; bem estar dos ocupantes; redução de emissões de CO2; e sequestro de Carbono. Eleva-se, assim, a qualidade construtiva arquitetônica das edificações, associando o bom design com o desempenho tecnológico compatível com as exigências atuais da sustentabilidade.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)