Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de miRNAs na Toxoplasmose ocular

Processo: 18/09448-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 16 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunogenética
Pesquisador responsável:Luiz Carlos de Mattos
Beneficiário:Geraldo Magela de Faria Junior
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/05581-8 - Técnicas de genotipagem para estudo epidemiológico e populacional do Toxoplasma gondii, BE.EP.DR
Assunto(s):Oftalmologia   Toxoplasmose ocular   MicroRNAs   Toxoplasma gondii

Resumo

Toxoplasmose é uma doença endêmica em todo o mundo e responsável por diversas morbidades tanto em humanos quanto em animais. Tem emergido como uma das infecções oportunistas mais comuns em pacientes imunocompetentes e pode ser fatal ao feto. A infecção por Toxoplasma gondii, o agente etiológico da toxoplasmose, resulta na indução de respostas imunes (inata e adaptativa) com consequente produção de citocinas, anticorpos e ativação de linfócitos T (CD8, CD4-TH1, CD4-TH2, B). microRNAs (miRNAs) são moléculas de RNAs não-codificadoras que possuem 21-25 nucleotídeos e tem como função regular negativamente a expressão gênica. O objetivo geral deste projeto é Investigar os níveis de expressão de microRNA (miRNAs miR-712-3p, miR 511-5p, miR-217-5p, miR 9-2) em pacientes com lesão ativa e cicatriz resultante da infecção por T. gondii. Seus objetivos específicos compreendem: 1- Selecionar três grupos assim constituídos: Grupo 1 (G1): pacientes com lesão ocular ativa e sorologia reagente; Grupo 2 (G2): pacientes com cicatriz ocular e sorologia reagente; Grupo (G3): pacientes sem lesão ou cicatriz ocular decorrentes da toxoplasmose, com sorologia reagente. 2- Verificar a presença de anticorpos anti-T.gondii de classes IgM e IgG no soro desses pacientes como identificadores de infecção aguda e crônica; 3- Extrair e quantificar os miRNAs miR-712-3p, miR 511-5p, miR-217-5p e miR 9-2 nos três grupos de pacientes; 4 - Relacionar a presença de lesão ocular e sua atividade bem como a cicatriz ocular com os níveis de expressão dos miRNAs acima referidos. Serão selecionados três grupos de pacientes atendidos no Ambulatório de Retinopatia do Hospital de Base (FUNFARME) caracterizados da seguinte forma: Grupo 1 (G1) pelo menos 100 pacientes independentes de etnia, consecutivos, que apresentarem lesão ativa e sorologia reagente para toxoplasmose ocular. Grupo 2 (G2) pelo menos 100 pacientes que apresentarem sorologia reagente e cicatriz ocular; Grupo 3 (G3) pelo menos 100 pacientes com sorologia reagente e sem lesão ou cicatriz ocular decorrentes da toxoplasmose. Para a análise sorológica será realizado o teste imunoenzimático ELFA. Para análise da expressão dos microRNAs específicos por PCR quantitativa em Tempo-Real (qRT-PCR). As variáveis quantitativas serão descritas por média, mediana e desvio padrão. Para verificação da acurácia da utilização dos miRNAs para o diagnostico de infecção por T.gondii será utilizada a curva ROC. Será considerado um intervalo de confiança (IC) de 95,0% e as diferenças serão consideradas estatisticamente significantes quando o valor p for d 0,05. Os resultados poderão contribuir para a compreensão da patogênese da toxoplamose ocular.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOMES, ISABELA BRONCHTEIN; AYO, CHRISTIANE MARIA; LOPES, ALESSANDRO GARCIA; KUMANO, LAURIE SAYURI; DE FARIA JUNIOR, GERALDO MAGELA; DE ALMEIDA JR, GILDASIO CASTELLO; CASTIGLIONI, LILIAN; DE MATTOS, LUIZ CARLOS; BRANDAO, CINARA CASSIA. Influence of interleukin 17 A and 17 F polymorphisms in keratoconus. MOLECULAR BIOLOGY REPORTS, v. 48, n. 11 SEP 2021. Citações Web of Science: 0.
DE FARIA JUNIOR, GERALDO MAGELA; MURATA, FERNANDO HENRIQUE ANTUNES; LORENZI, HERNAN ALEJANDRO; CASTRO, BRUNO BELLO PEDE; ASSONI, LETICIA CAROLINA PARABOLI; AYO, CHRISTIANE MARIA; BRANDAO, CINARA CASSIA; DE MATTOS, LUIZ CARLOS. The Role of microRNAs in the Infection by T. gondii in Humans. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 11, MAY 14 2021. Citações Web of Science: 0.
MURATA, FERNANDO HENRIQUE ANTUNES; PREVIATO, MARIANA; FREDERICO, FABIO BATISTA; BARBOSA, AMANDA PIRES; NAKASHIMA, FABIANA; DE FARIA, JR., GERALDO MAGELA; SILVEIRA CARVALHO, APARECIDA PERPETUO; MEIRA STREJEVITCH, CRISTINA DA SILVA; PEREIRA-CHIOCCOLA, VERA LUCIA; CASTIGLIONI, LILIAN; DE MATTOS, LUIZ CARLOS; SIQUEIRA, RUBENS CAMARGO; BRANDAO DE MATTOS, CINARA CASSIA. Evaluation of Serological and Molecular Tests Used for the Identification of Toxoplasma gondii Infection in Patients Treated in an Ophthalmology Clinic of a Public Health Service in Sao Paulo State, Brazil. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 9, FEB 7 2020. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.