Busca avançada
Ano de início
Entree

A China no enfrentamento das mudanças climáticas: uma análise de estratégias tecnológicas e de ações de política diante de propostas do AR5/IPCC

Processo: 18/08351-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 17 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Pesquisador responsável:Rosana Icassatti Corazza
Beneficiário:Marina Betetto Drezza
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/25523-2 - China no enfrentamento dos desafios das alterações climáticas: governança climática no contexto do aumento das emissões de gases com efeito de estufa, BE.EP.IC
Assunto(s):Economia política   Economia internacional   Energia renovável   Mudança climática   China

Resumo

O intenso crescimento da China tem sido possível, do ponto de vista energético, pela forte exploração de suas reservas de carvão. Na última década, o país se destaca pela busca de um protagonismo em fontes renováveis de energia e tecnologias conexas para trilhar uma transição rumo a uma economia de baixo carbono. Entretanto, a dependência da China com relação ao carvão ainda é profunda: dois terços de suas necessidades de energia são supridos por essa fonte, cujo uso cresceu, entre 2000 e 2013 a taxas de quase 10% ao ano. Hoje o país é o maior emissor global de gases de efeito estufa e, quaisquer que sejam os caminhos para mitigar esses gases, o papel da China é considerado de grande relevância tanto nas negociações climáticas internacionais quanto no desenvolvimento de ações de política e no empenho para desenvolver soluções tecnológicas. Esta pesquisa de Iniciação Científica busca identificar as posições e ações chinesas em relação às negociações climáticas, em particular quanto ao regime climático associado ao Acordo de Paris. Os objetivos específicos são três. Primeiro, identificar e relatar as metas propostas pelo país por ocasião das apresentações das NDCs pelas Partes (Nationally Determined Contributions). Segundo, identificar e descrever as políticas e ações da China para enfrentar as mudanças climáticas. E terceiro, identificar, descrever, sistematizar e classificar as estratégias de desenvolvimento tecnológico adotadas pela China a fim de alcançar essas metas. Para o alcance desses objetivos, serão empregados métodos de análise documental, revisão bibliográfica semi-sistemática e levantamento de matérias sobre mudanças tecnológicas para a elaboração de clippings de notícias em sites especializados apresentados na metodologia desse projeto. No que tange às ações de política, será analisado o relatório China's Policies and Actions for Addressing Climate Change (2017), documento oficial sobre esse assunto, publicado no final de 2017 pela National Development and Reform Commission of the People's Republic of China (NDRC) - o órgão de planejamento do governo chinês. A análise dos resultados será realizada à luz das propostas de mudanças setoriais e intersetoriais sugeridas pelo AR5 do IPCC (2014).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)